18 de maio de 2021

Unimed Manaus recebe apoio nacional para garantir atendimento

O esforço concentrado que vem sendo realizado pelos cooperados e a direção da Unimed Manaus para assegurar tratamento de saúde aos usuários do sistema nacional, em especial aqueles infectados pelo novo coronavírus, que buscam atendimento nas unidades hospitalares da cooperativa medica amazonense, despertou a solidariedade de unidades espalhadas pelo país.
“Estamos recebendo a solidariedade de unidades coirmãs de vários estados, que nos enviam medicamentos, insumos, equipamentos de proteção para os profissionais e, quem tem disponibilidade, também está abrindo vaga para receber seus usuários que estão em tratamento em Manaus”, afirma o presidente executivo da Unimed Manaus, Sérgio Ferreira.
O dirigente destaca também, a solidariedade dos manauaras, funcionários, usuários que estão com saúde, fornecedores, que se mobilizaram para amenizar a angústia dos familiares que estão acompanhando, na área externas das unidades, os pacientes em tratamento, em especial os infectados pela covid-19.

“Quero registrar o agradecimento do povo manauara e amazônida por esse gesto de solidariedade No início de janeiro, nós passamos a disponibilizar, permanentemente, água mineral, café, suco e um lanche aos familiares que acompanham o tratamento de seus pacientes e, está semana, graça ao apoio e solidariedade dos nossos amigos e parceiros, estamos servindo a sopa solidária”, informa o dirigente da Unimed Manaus.


A Federação Unimed Minas foi a primeira a encaminhar sua doação. De belo Horizonte chegaram material médico-hospitalar, insumos e medicamentos para uso no tratamento de pacientes com a covid-19. Nesse momento, além do déficit de oxigênio enfrentamos desabastecimento de material e medicamentos, em razão da explosão do consumo, isso tanto no comercio de Manaus, quando em centros fornecedores da Unimed Manaus”, desta Sérgio Ferreira.
Além da Federação Unimed Minas, a Unimed Fortaleza também já manifestou solidariedade com a operadora de Manaus. Além de disponibilizar insumos e medicamentos, está organizando um planejamento interno para também abrir leitos para receber, se necessário, pacientes vindos de Manaus.
Dificuldade de fretamento
Embora agradecido pela resposta favorável que tem recebido de outras unidades do sistema Unimed, Sérgio Ferreira revela que não tem conseguido viabilizar a transferência de pacientes para outros estados, em função da falta de aeronaves para fretamento. “A demanda por aeronaves equipadas com UTI, ou mesmo, mais simples, sem UTI, cresceu muito no país inteiro e estamos com muita dificuldade de viabilizar a logística para transferência de pacientes”, revela o presidente da Unimed Manaus.
De acordo com dados da plataforma de fretamento de aeronaves Fly ADAM, houve um aumento de 150% nas buscas por aeronaves equipadas com UTI Aérea para o transporte de pacientes graves de Covid-19 nas últimas semanas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email