8 de dezembro de 2021

A Junta Comercial do Estado do Amazonas registrou, no mês de julho de 2020, 701 novas empresas no estado, conforme relatório do Sistema de Registro Mercantil. Um crescimento de 24,8% em comparação ao mês de junho, que teve 527 novas constituições. No entanto, as extinções registradas no mesmo mês, um total de 374, superaram as do mês anterior, que foram de 217. Para a presidente da Junta Comercial, Maria de Jesus Lins, apesar das extinções terem crescido em comparação ao mês passado, o avanço dos números de constituições no mês de julho mostra uma trajetória ascendente. “Recebemos esse número de novas aberturas de empresas com bons olhos, por vermos uma tendência de melhora da percepção dos empresários com relação à situação atual dos negócios no Amazonas, um fato que também se estende ao país como um todo”, afirmou. Entre os tipos empresariais mais registrados no Amazonas em julho de 2020, destacam-se o Empresário Individual, com um total de 296 novas constituições, seguido do registro de Sociedade Empresária Limitada, com 228 novas aberturas.

FECHADAS

Do outro lado da moeda estão 236 empresas individuais e 112 sociedades limitadas que foram extintas no mesmo período. Um total bem menor que as que foram abertas, o que reforça o otimismo da Jucea com a recuperação econômica do Estado.

FESTIVAL

O Ministério Público do Amazonas e a Defensoria Pública do Estado recomenderam aos bois-bumbás Caprichoso e Garantido que suspendam o anúncio da realização do Festival Folclórico de Parintins nas datas de 6, 7 e 8 de novembro de 2020, assim como a venda de novos ingressos. Se houver insistência, os dois órgãos vão à Justiça.

ALIANÇA

Os presidentes do Diretório Municipal do PSD, deputado estadual Ricardo Nicolau, e do Diretório Estadual do Solidariedade, deputado federal Bosco Saraiva, anunciam hoje, às 10h, no Hotel Da Vinci, a primeira aliança eleitoral formal da campanha para a Prefeitura de Manaus. PT e PSol também se aliaram, mas ainda não formalizaram a coligação. Nicolau lançou sua pré-candidatura a prefeito de Manaus na última sexta-feira (31).

IMPACTO

Um novo aporte financeiro de uma grande indústria de refrigerantes, no valor de R$ 3 milhões, foi destinado para ações de combate à Covid-19 no Amazonas. A estimativa é impactar aproximadamente 330 mil pessoas em comunidades ribeirinhas de 26 municípios e, ainda, famílias vulneráveis e em situação de risco na capital. O recurso é destinado para a compra de 34 mil cestas básicas e 8,5 mil kits de higiene.    

AVICULTURA

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas está fazendo o cadastramento, atualização cadastral e registro das propriedades rurais que operam com avicultura no estado. Por determinação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, as granjas só podem fazer novos alojamentos de aves se estiverem com registro atualizado junto ao órgão de defesa.

CARTEIRA

O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas decidiu informatizar o sistema de emissão de carteiras de pesca amadora, tornando o processo menos burocrático e mais acessível e observando a legislação ambiental. Desde a implementação do sistema, foram emitidas 2.574 carteiras – sendo 2.211 esportivas e 363 recreativas. O processo se tornou totalmente automatizado e qualquer cidadão pode cadastrar, baixar o documento de pagamento e emitir a carteira de pesca após compensação financeira.

NOVA BASE

O Governo do Amazonas inaugura a Base Fluvial Arpão, projeto inédito de combate ao narcotráfico, à pirataria e aos crimes ambientais no estado. A embarcação vai ficar no rio Solimões, entre os municípios de Coari e Tefé, desencadeando uma série de operações policiais na região.

VIOLÊNCIA

Desde o lançamento do aplicativo “Alerta Mulher”, em 2018, a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania cadastrou 510 mulheres que solicitaram medida protetiva relacionada ao risco de violência doméstica. O mês de agosto, o “Agosto Lilás”, é marcado pelo combate a este tipo de crime, e também pelos 14 anos da Lei Maria da Penha, que tem o objetivo de punir os agressores de forma adequada.

FRASES

“Não há necessidade para tanta pressa de retornar às aulas presenciais.” José Ricardo (PT), deputado federal

“Estamos prontos para iniciar as nossas atividades, garantindo a proteção dos nossos alunos com uma série de protocolos que precisam ser seguidos”. Luiz Fabian Barbosa, secretário de Estado da Educação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email