Frente & Perfil – Opinião – Um general no comando

O general reformado do Exército Algacir Polsin participa hoje da primeira reunião do Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus, menos de um mês depois de assumir o comando da autarquia. Por videoconferência, os conselheiros vão analisar 29 projetos industriais e de serviços, sendo 10 de implantação e 19 de atualização, diversificação ou ampliação, que somam investimentos totais de US$ 112 milhões e estimam a geração de 1.148 novos postos de trabalho no Polo Industrial de Manaus nos três primeiros anos de operação. A 292ª Reunião do CAS – o terceiro encontro em 2020 e o primeiro com a presença do novo superintendente – será presidida pelo secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa. Será uma excelente oportunidade para verificar o prestígio que Polsin conseguiu amealhar desde que desembarcou em Manaus com a missão de pacificar as relações da Suframa com o meio político local.

DESTAQUES

Os maiores destaques são as proposições da empresa Duxteno Indústria de Plásticos, visando à produção de bens intermediários de matéria plástica em geral, com investimento total de aproximadamente US$ 11,7 milhões e expectativa de geração de 198 empregos, e da empresa Specialized Brasil, para produção de bicicletas elétricas, com investimento total de cerca de US$ 1.5 milhão e expectativa de geração de 21 empregos.

TFD

O novo manual do programa de Tratamento Fora de Domicílio está sendo revisado pela Secretaria de Estado de Saúde. O documento que estabelece as regras do programa, no estado, vai revisar os valores pagos nas diárias aos pacientes que precisam realizar tratamento médico fora de Manaus. 

SURPRESA

Equipe de policiais civis da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Consumidor deflagrou uma operação do bem, denominada “Flashback”, em empresa de gases medicinais no Distrito Industrial. Foi surpreendida com a correção das infrações sanitárias e adequação da empresa que, atualmente, não oferece mais riscos para os funcionários e vizinhança no manuseio do gás de alto risco.

FAMILIAR

O Governo do Amazonas tem uma previsão de comprar 3,5 mil toneladas de alimentos oriundos da agricultura familiar de produtores do estado por meio do Programa de Aquisição de Alimentos. A estimativa é de que 150 mil pessoas sejam beneficiadas. Técnicos do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado participaram ontem da palestra on-line sobre o Edital de Chamamento Público do PAA, que neste ano tem disponíveis R$ 8,5 milhões.

ALERTA

O deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) afirmou ontem, que sem o fim do monopólio da Cigás sobre a distribuição de gás natural no Amazonas, não haverá empresa interessada em comprar da Petrobras os campos de exploração de petróleo e gás do Polo de Urucu. Segundo o parlamentar, esse cenário torna ainda mais preocupante a decisão da Petrobras de encerrar suas operações no Amazonas e vender os campos e as infraestruturas de exploração e logística de petróleo e gás.

ENERGIA

Entidades e demais segmentos que representam o comércio e a indústria do Amazonas participam hoje de uma audiência pública virtual para debater o aumento da tarifa da energia elétrica. A reunião, promovida pela Comissão de Indústria, Comércio e Zona Franca da Assembleia Legislativa do Amazonas, visa discutir os impactos da substituição tributária e tributação do ICMS no custo de produção das empresas e propor soluções para a diminuição do valor cobrado nas contas do contribuinte amazonense.

CRÉDITO

O acesso ao plano de crédito emergencial e a renegociação de dívidas para os setores primário, secundário (indústria) e terciário (comércio e serviço) durante o período de pandemia foram alguns dos temas em pauta durante a 93ª Reunião Extraordinária do Comitê de Administração do Fundo de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e ao Desenvolvimento Social do Estado do Amazonas, gerenciado pela Agência de Fomento do Estado do Amazonas.

REDUÇÃO

Na reunião, foram mencionadas as vantagens do acesso ao crédito emergencial por meio das linhas disponíveis pela Afeam. A agência oferece um prazo de carência para pagamento dos financiamentos que varia de seis meses a seis anos, e ainda oferece redução nas taxas de juros. O produtor rural/pessoa jurídica (associação e/ou cooperativa), por exemplo, que antes pagava uma taxa de 8% ao ano, agora, passa a pagar 7,2% nesse período de pandemia, podendo ainda ter bônus de 25%, com juros de até 5,4% ao ano, se for adimplente.

FRASES

“Uma hora o encontro com a Covid-19 iria acontecer.” Arthur Virgílio Neto (PSDB), prefeito de Manaus, ao dizer que está lutando contra a doença

“Qualquer crítica que haja em relação a isso nós recebemos com democracia, mas não tem fundamento.” Josué Neto (PRTB), presidente da Assembleia Legislativa, negando que esteja atrasando a tramitação da Lei de Diretrizes Orçamentárias

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email