26 de fevereiro de 2021

Um balanço que gera otimismo

A Junta Comercial do Estado do Amazonas registrou, em agosto de 2020, 217 extinções de empresas no estado, conforme relatório do Sistema de Registro Mercantil. Houve uma queda de 42%, em comparação com o mês de julho deste ano, quando foram registradas 374 extinções. No caso das constituições, foram registradas pelo sistema 695 novas empresas, apenas seis a menos que no mês anterior, que teve 701 novas constituições. Em comparação com os números de agosto do ano passado, houve uma melhora de 25,45% no número de constituições, uma vez que no mesmo período de 2019 foram registradas 554 novas empresas, contra 695 deste ano. Já as extinções do ano passado foram menores, com 182 extinções, contra 217 baixas em agosto de 2020. Segundo a presidente da Jucea, Maria de Jesus Lins, apesar dos analistas econômicos não esperarem uma recuperação rápida da economia brasileira, é preciso ser otimista no cenário regional.

FEMINISTAS

Na próxima semana a filósofa e militante feminista Marcia Tiburi lança em Manaus o movimento “Ocupação Feminista”, que busca fortalecer o feminismo na política de Manaus. É uma movimentação nacional da esquerda para tentar emplacar candidaturas feministas nas Câmaras Municipais.

UM NOME

Entre os pré-candidatos que disputam uma vaga de vereador em Manaus está o professor universitário e ex-procurador geral do Estado, Alberto Bezerra de Melo. Segundo ele, a experiência adquirida durante esses 30 anos como professor das áreas de direito e administração, nas universidades públicas e particulares da capital amazonense, é um marco em sua carreira como educador.

RECUPERADOS

O Boletim Diário Covid-19 da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas, edição nº 152, divulgado ontem, confirma a recuperação de mais 522 amazonenses nas últimas 24 horas, chegando a 102.686 o número de pessoas recuperadas da Covid-19 no estado. Esta quantidade representa 84% dos casos confirmados da doença.

PRESENCIAL NÃO

A Prefeitura de Manaus apresentou ontem as diretrizes para o segundo semestre do ano letivo, na rede municipal de ensino, aos membros da Defensoria Pública do Estado do Amazonas, por meio de videoconferência. Gestores da Secretaria Municipal de Educação expuseram o planejamento, que possui cinco fases até dezembro de 2020, conforme respaldo e autorização dos órgãos competentes. Ainda não há previsão para o retorno às aulas presenciais nas escolas municipais, o que só deverá ocorrer após liberação das autoridades de saúde sanitária.

GOLPE

A Vigilância Sanitária municipal alerta os responsáveis por serviços sujeitos à fiscalização do órgão, que fiquem atentos a qualquer contato telefônico ou por WhatsApp solicitando pagamento, via depósito em conta, para liberação da licença sanitária. Trata-se de golpe. O licenciamento sanitário é feito pelo Slim, um sistema on-line, e qualquer taxa referente à regularização de estabelecimentos e serviços é paga por meio do Documento de Arrecadação Municipal.

REDUÇÃO

O governador Wilson Lima (PSC) sancionou ontem a Lei Estadual nº 5.220/2020, que reduz em 30% as taxas de alguns atos praticados por cartórios de notas e registros públicos no Amazonas, de acordo com determinadas faixas de valor da tabela de emolumentos em vigor no estado.

SETEMBRO VERDE

A Coordenação da Central de Transplante do Amazonas, da Secretaria de Estado de Saúde, realizou ontem a abertura do “Setembro Verde”, mês do calendário nacional onde se chama a atenção para a importância da doação de órgãos e tecidos. Na ocasião, o Teatro Amazonas recebeu iluminação especial, na cor verde. A mesma iniciativa será adotada por outras instituições públicas e privadas do estado durante todo o mês de setembro.

SUGESTÃO

O deputado Serafim Corrêa (PSB) propôs à Controladoria Geral do Estado que obtenha o programa de monitoramento em tempo real adotado pela Controladoria Geral da União para combate à corrupção no Amazonas. O sistema, complexo e atualizado constantemente, foi o mesmo utilizado nas investigações do governador Wilson Witzel (PSC), no Rio de Janeiro.

FRASES

“Foi uma decisão acertada, madura e justa, porque o momento ainda é difícil, principalmente para os mais humildes.” Joelson Silva (Patriota), presidente da Câmara Municipal de Manaus, sobre a decisão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de manter o auxílio emergencial

“Minha rejeição baixa me enche de esperança.” Capitão Alberto Neto (Republicanos), deputado federal e pré-candidato a prefeito de Manaus

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email