Twitter quer adquirir TweetDeck por até US$ 50 milhões

O Twitter apresentou oferta para adquirir o TweetDeck, um popular aplicativo utilizado para acesso a redes sociais na internet, por até US$ 50 milhões, de acordo com uma pessoa informada sobre o assunto

O Twitter apresentou oferta para adquirir o TweetDeck, um popular aplicativo utilizado para acesso a redes sociais na internet, por até US$ 50 milhões, de acordo com uma pessoa informada sobre o assunto.
A transação, a ser paga em dinheiro e ações, deve ser fechada em menos de dez dias, segundo a fonte, e pode representar uma das maiores aquisições realizadas até hoje pelo Twitter, criado há cinco anos.
A compra ofereceria ao Twitter um aplicativo que conquistou elogios dos usuários mais sofisticados devido à interface elegante e capacidades reforçadas, e encerraria uma potencial ameaça aos serviços em rápido crescimento do Twitter.
O TweetDeck esteve envolvido em discussões de aquisição com a UberMedia, uma companhia de Internet criada pelo empresário Bill Gross, mas os valores mencionados eram inferiores à oferta do Twitter. A UberMedia vem acumulando uma coleção de aplicativos para o Twitter, que segundo especulações de alguns comentaristas poderiam ser usados no futuro para a criação de uma rede social rival.
O acordo de exclusividade quanto à oferta da UberMedia pelo TweetDeck expirou na metade de abril, o que permite que a empresa negocie com o Twitter, de acordo com a fonte.
Um porta-voz do Twitter informou que a empresa não comenta sobre boatos. O TweetDeck e a UberMedia não responderam de imediato a pedidos de comentário.
A oferta surge pouco mais de um mês depois do retorno de Jack Dorsey, co-fundador do Twitter, à companhia, como presidente do conselho e encarregado de desenvolvimento de produtos.

Ferramenta de comunicação

O Twitter, que permite que usuários enviem mensagens de texto de 140 caracteres, os tweets, a grupos de chamados seguidores, é um dos mais populares serviços de redes sociais da Web, em companhia do Facebook e Zynga.
O serviço se tornou uma ferramenta popular de comunicação para celebridades, políticos e empresas, e desempenhou papel importante em diversos acontecimentos geopolíticos, tais como os recentes levantes no Oriente Médio.
Em dezembro, o Twitter foi avaliado em US$ 3.7 bilhões, como parte de uma rodada de capitalização de 200 milhões de dólares comandada pelo grupo de capital para empreendimentos Kleiner Perkins Caufield & Byers. Leilões subsequentes de ações do Twitter em mercados secundários sugeriram que os investidores estão avaliando a empresa em mais de sete bilhões de dólares.
A oferta do Twitter pelo TweetDeck é de entre US$ 40 milhões e US$ 50 milhões, segundo a fonte, a depender da avaliação das ações do Twitter.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email