Turismo com agenda cheia no Amazonas

 

“Nos últimos 20 anos Manaus não recebeu tantos eventos quanto recebeu somente em 2019”, afirmou Adriana Papa, chefe do Setor de Captação e Eventos da Diretoria de Negócios e Eventos da Amazonastur.

“Posso garantir isso porque trabalho neste ramo há 20 anos e sei de tudo que aconteceu na cidade em termos de congressos, seminários, fóruns, encontros, workshops e convenções”, completou.

Adriana trabalhou durante anos trazendo eventos para o Tropical Hotel, até antes dele cerrar as portas, e credita todo o sucesso atual à presidente da Amazonastur, Rosilene Medeiros que, com o aval do governador Wilson Lima, tem viabilizado o trabalho do Setor de Captação e Eventos.

“Eventos que reúnam acima de 500 pessoas vindas de outros estados, e até países, são muito bem vindos, pois trazem dinheiro novo para a cidade. Foi de olho neste potencial econômico que a Diretoria de Negócios e Eventos foi criada e eu, pela minha expertise no assunto, convidada para assumir a chefia do Setor”, disse.

Há apenas um ano à frente do Setor, Adriana comemora os resultados obtidos em 2019. Foram 57 eventos ocorridos ao longo do ano, com um total de 83.561 pessoas participantes sendo que 12.156 vieram de fora de Manaus.

“Chegamos a uma média estimada de US$ 8.828.913,20 deixados em Manaus pelos turistas que aqui vieram para participar de eventos”, revelou.

Ocupação quase diária

“Em 2019 o Vasco Vasques teve a melhor taxa de ocupação, desde que foi inaugurado. Calculo que dos 365 dias do ano somente em uns 40 o Centro de Convenções esteve sem a realização de algum evento”, afirmou.

Inaugurado em julho de 2014 o Centro de Convenções Vasco Vasques possui oito mil metros de área construída e capacidade para comportar um público de até cinco mil pessoas. Sob a administração da Amazonastur, se tornou referência em receber eventos da empresa.

“Alguns destes eventos marcaram, como o 71º Congresso Brasileiro de Enfermagem, organizado pela Associação Brasileira de Enfermagem, e que aconteceu de 11 a 14 de novembro com quase 3.200 inscritos de todo o Brasil. Foi o maior acontecimento do ano e tão grande que parte dele aconteceu no sambódromo”, contou.

“Outro evento que eu destacaria foi o 9º Fórum da Internet no Brasil, que foi realizado de 1º a 4 de outubro, pois dele participou a cúpula dos dirigentes da Internet no Brasil. Foram poucas pessoas, mas de um alto nível de importância”, lembrou.

Por meio deste fórum o Comitê Gestor da Internet no Brasil busca incentivar representantes dos setores que o compõem a acompanharem e opinarem sobre as questões mais relevantes para a consolidação e expansão de uma Internet cada vez mais diversa, universal e inovadora no Brasil.

A cada dois anos a comunidade da biomecânica brasileira se reúne no maior evento da área na América do Sul. Entre os dias 1º e 4 de maio Manaus recebeu o 18º Congresso Brasileiro de Biomecânica, que pela primeira vez ocorreu na Região Norte.

“Os organizadores consideraram o melhor evento já realizado por eles tanto que se comprometeram a trazer para Manaus, em 2021, o 2º Congresso Brasileiro de Bem Estar e Saúde, que no ano passado aconteceu na cidade de Lages. Neste ano de 2020 já estamos com a agenda repleta, e já estamos captando os próximos para 2021, 2022, 2023…”, adiantou.

Agenda cheia

Para este ano, o primeiro evento a acontecer no Vasco Vasques será o 1º Regional de Para Jiu-Jitsu.

“É um encontro que vai reunir paratletas aqui do Norte. Talvez não receba um grande número de participantes, mas eles nos prometeram trazer para Manaus o Internacional de Para Jiu-Jitsu, em 2021. Aí sim, virão paratletas de vários países, em grande número”, informou.

Já confirmados, também, Adriana listou o Curso Internacional de Cirurgia Metabólica, que será realizado em março.

“Os médicos vão realizar uma cirurgia bariátrica ao vivo, num hospital de Manaus, e haverá transmissão para os presentes ao curso”, revelou.

Em abril será a vez do Fórum Global dos Governadores para Climas e Florestas; em junho o 30º Congresso Brasileiro de Zootecnia (Zootec) e o Torneio Nacional de Futebol Society; em agosto o 2º Congresso Brasil Norte de Engenharia Sanitária e Saúde Ambiental e o Congresso Nacional de Procuradores. Fechando, até agora, em setembro, o AquaCiência (IX Congresso Brasileiro de Aquicultura e Biologia Aquática).

“O AquaCiência é realizado a cada dois anos, e para 2020 a capital amazonense foi a cidade escolhida para recebê-lo. Esperamos que venham mais de 1.000 participantes oriundos de todas as regiões brasileiras e de vários países, possivelmente, mas tomara que não, este seja o maior evento apoiado pela Amazonastur neste ano”, garantiu.

“É muito importante trazer para Manaus congressos, seminários, fóruns, encontros, workshops e convenções. Isto movimenta diretamente o segmento hoteleiro e de restaurantes e, indiretamente, de dezenas de outros segmentos menores”, concluiu. 

 

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email