Turbulências fazem fundos perder R$ 7 bi

Os fundos de investimento brasileiros já amargam perdas de R$ 7,6 bilhões desde o início da crise nos mercados financeiros internacionais, de acordo com dados do site Fortuna, que acompanha o setor.
Considerando apenas a rentabilidade, entre os dias 23 de julho e 14 de agosto, os portfólios de ações registraram queda de 9,4%, o que representa R$ 6,5 bilhões, enquanto os multimercados apresentaram prejuízo de R$ 2,5 bilhões, ou 1,4%.
Curiosamente, o estopim para as perdas na indústria de fundos não ocorreu em nenhuma das duas categorias, consideradas mais arriscadas, e sim nos fundos de renda fixa pré-fixados, segundo o Marcelo d’Agosto, diretor do Fortuna. Logo no início da volatilidade nos mercados, esses produtos tiveram fortes saques, o que levou os gestores a venderem títulos para honrar os resgates.
“Como esse mercado não tem liquidez, os preços dos papéis pré de longo prazo despencaram, o que acabou afetando os multimercados, que também tinham exposição nesses títulos”, analisou. Nos últimos 20 dias, a saída nos fundos de renda fixa pré-fixados totalizou R$ 2,4 bilhões, o equivalente a 16% do patrimônio total dessas carteiras.
Apesar da perda recente, a indústria de fundos continua captando recursos.
Os fundos de ações destinados ao público de varejo registram entrada de R$ 611 milhões no período e os multimercados, de R$ 1,8 bilhão, conforme os dados do Fortuna.
Os portfólios mais conservadores apresentaram resgates de R$ 3,3 bilhões, em uma tendência verificada desde o início do ano, por conta da redução da taxa básica de juros, observou D’Agosto.
Ele avaliou ser cedo para determinar se haverá uma reversão desse cenário, embora o fluxo positivo para os produtos mais arrojados tenha diminuído nos últimos dias. “Mas isso é normal. Ninguém coloca dinheiro em fundo que está perdendo”, observou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email