19 de agosto de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Roberta dalbuquerque 

[email protected]

Juntei os exames de um tanto de médico pra fazer de uma vez só. Juntei também um grande fôlego de paciência para a ligação com o laboratório. Li cada garranchinho ao telefone como quem tem o tempo do mundo inteiro. Vou pedir pra senhora aguardar um momentinho, tudo bem? Tudo bem.  Umas cinco vezes pelo menos. Tentei no whatsapp primeiro, mandando foto dos pedidos e aquela modernidade que eles prometem? Claro. Mas aí tem que ligar pra confirmar, sabe? E começa tudo de novo. O primeiro exame já se faz aí. Nível de paciência. Resultado: 1000. Valor de referência: >1000. Passei raspando.

Pra fazer no mesmo dia, só no 2 de julho, tudo bem? Tudo bem. E era comecinho de maio. Vou poupar vocês do pé quebrado que grudou errado, da dieta que eu mesma inventei antevendo um colesterol alto, da vitamina D que comprei na farmácia pra não ficar em recuperação e bla bla bla. Os exames começam às 10h, é necessário que a senhora esteja na unidade às 9h30. Tudo bem? Tudo bem.

Cheguei às 9h25. Me atenderam às 10h.  Saí da mesinha da recepção o quê, umas 11h? É umas 11h. Rô, a senhora vai precisar segurar um pouquinho a bexiga para a ultra de abdomem, vamos começar pela mamo, tudo bem? Tudo bem. Mas já foi me dando uma abuso. Porque tem que chamar Roberta de Rô, ultrassom de ultra e mamografia de mamo? Isso no sábado de manhã, barriga vazia, bexiga cheia e mamas medrosas.

Aí aperta de cá e de lá, de lá e de cá, só mais um pouquinho, prende a respiração e de novo e de novo. Pronto, senhora pode aguardar na sala de espera 5. Isso com aquele aventalzinho cor de rosa, certo? Senhora Roberta, vamos as ultras. Primeiro pescoço, as mamas (tadinhas), e por fim, só por fim, o abdome.  Eu já pra morrer, sabe? Pode ir ao banheiro e esse potinho e faz isso e aquilo. A senhora agurada na sala 4, por favor? Senhora Roberta? É uma  pena, mas ultrapassamos as 14 horas de jejum, a senhora vai precisar voltar em outro momento para a coleta, tudo bem? Tudo bem. Vou encaminhar a senhora para a espera da resso na sala 7? Querida, vou preferir dar uma passadinha no café antes, minha pressão é baixa. Senhora, infelizmente o café fecha às 11h, tudo bem? Tudo bem.

Senhora Roberta. Pronto, são 15 minutinhos pra cada joelho – porque o joelho tenta compensar o dedo torto e aí já viu – e 15 para o pé. Qualquer coisa a senhora chama, tudo bem? Tudo bem. Mas não passou nem cinco. Foi entrar no tubinho e apagar desmaiada. Nem tempo de apertar a buzina eu tive. Quando a mulher voltou pra me tirar do tubo e arrumar o outro joelho, eu já tava sei lá onde. Mas foi chuva de tudo bem que me gritaram, viu? Uns e eu ouvi e não respondi de vingança e raiva.  Foi perna pra cima, sal na língua e baixou médico, sanduíche e café pra tudo que foi lado. Domingo, mandaram uma equipe na minha casa pra fazer a coleta que faltou, envergonhadinhos da Estrela. E os resultados chegaram hoje. Adivinha? Tudo bem.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email