TSE suspende cassação do deputado Geraldo Pudim

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) suspendeu a decisão do TRE-RJ (Tribunal Regional Eleitoral) do Rio de Janeiro que cassou o mandato do deputado federal Geraldo Pudim (PMDB-RJ). Na semana passada, o TRE-RJ já havia enviado um ofício à Câmara dos Deputados comunicando a sentença contra Pudim. A decisão do TSE foi dada por meio de liminar, concedida pelo ministro Carlos Ayres Britto. Segundo o TSE, a decisão do ministro não beneficia os ex-governadores Rosinha Matheus e Anthony Garotinho, ambos do PMDB, que foram condenados no mesmo processo que Pudim por abuso de poder político. Pela sentença do TRE-RJ, de 9 de julho, Rosinha e Garotinho estão inelegíveis por três anos.
Para Garotinho, a liminar concedida pelo TSE também o beneficia. Em seu blog, o ex-governador ressalta que a decisão “além de restabelecer a Justiça, nos devolve os direitos políticos e torna sem efeito a cassação do mandato do deputado Geraldo Pudim”.
Segundo a denúncia do MPE, os políticos teriam comprado voto de eleitores durante uma reunião política realizada no período eleitoral. Na ocasião, eles teriam se comprometido a asfaltar ruas de Sapucaia (RJ) em troca de apoio. Ao deferir a liminar, o ministro acatou o argumento apresentado por Pudim.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email