Trigo gera conflitos entre Brasil e Argentina

A restrição das exportações argentinas de trigo desde o início do ano, para garantir o abastecimento do mercado interno, já provoca conflitos comerciais com o Brasil, segundo afirma reportagem publicada na sexta-feira pelo diário financeiro argentino “El Cronista Comercial”.

O jornal observa que a restrição às exportações preocupa tanto os produtores e exportadores locais quanto os moinhos brasileiros, que “necessitam do estoque argentino”. O Brasil é o maior importador do trigo argentino, com cerca de 5 milhões de toneladas ao ano –quase um terço da produção total argentina.

“Há vários meses que se co­menta que esse país (Brasil) anularia a cobrança de tarifas­ de importação de locais co­­mo­ Canadá e Estados Unidos, o que fa­ria­ com que o nosso país (Ar­gentina) deixasse de contar com essa vantagem preferencial, que ficaria reduzida a um menor custo de frete pela proximidade geográfica”, diz a reportagem.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email