Tributo a Hamilton Pereira da Silva

Há certas coisas na vida, que a expressão “vestir como uma luva” cai muito bem. Uma delas, sem correr o menor risco de errar é prestar uma singela, mas justa homenagem ao amigo, irmão, parceiro, auditor fiscal Hamilton Pereira da Silva.
Hamilton é uma unanimidade. Um personagem cuja a própria história de vida não é possível disassociar, literalmente, da história do fisco estadual amazonense. Tudo o que se pode dizer, fazer e escrever para descrever o quanto este auditor fiscal dedicou de seu tempo de vida para o trabalho de construir a Associação dos Funcionários Fiscais do Estado do Amazonas é pouco, tamanho o seu comprometimento com a causa coletiva, fato reconhecido pelo fisco nacional brasileiro.
Num brando esforço, ao voltarmos os olhos ao passado, quem seria capaz de acreditar que de um terreno ao lado da Sefaz, doado pelo ex-governador José Bernardino Lindoso seria erguida uma imponente sede dos profissionais do fisco estadual? Para Hamilton era como mais um desafio para enfrentar na vida. Debaixo de uma jaqueira foi onde tudo começou e, diga-se de passagem, ainda não parou. Aliás, parar, esmorecer, cansar são verbos que Hamiltom não costuma conjugar.
Mais que prédio e máquinas Hamilton ajudou a construir sonhos que se tornam realidade dia após dia, ao passo que a nossa associação consolida-se como uma entidade reconhecidamente cumpridora de importante papel social entre o Fisco e a sociedade amazonense.
De Júlio César da Costa, nosso primeiro presidente – empossado em 12 de dezembro de 1969 – aos dias atuais, muitos auditores fiscais privaram as famílias e seus projetos em favor da construção de uma entidade que se agigantou a medida que seus associados se envolviam, faziam e fazem crescer. Para se ter uma ideia da dedicação e do comprometimento deste homem, além de estar presente nos primeiros passos desta entidade foi seu presidente em três oportunidades: 78/80, 87/89 e 89/91.
Hoje a Affeam é plural, pois envolve frutos da dedicação de valorosos colegas que ajudaram a construir a Affeam Seguros, a Affeam Saúde e a nossa própria cooperativa de crédito, a Credfaz. A força de coesão que integra os propósitos desse grupo de profissionais e associados, a sinergia que nele reside, faz com que as conquistas e os desafios sejam alcançados e superados, não só na construção do espaço físico. Vai muito além. Construímos relações, boas relações, internas e externas. Construímos qualidade de vida com urbanidade, respeito, responsabilidade e muito trabalho.
O dinamismo, a coragem e o trabalho sempre foi o tripé que sustenta a nossa associação. Uma semana após a primeira reunião, visando a sua criação, foi fundada e entidade. Isso demonstra, desde o início, o dinamismo e a solidariedade do grupo. Ao longo desses 40 anos, a nossa instituição ainda prima por participar de incontáveis campanhas culturais, esportivas e filantrópicas de cunho social. A sua missão, com o passar dos anos, extrapola as condições favoráveis e restritas aos seus associados e se enquadra definitivamente como órgão propulsor de iniciativas e desencadeador de propostas que visam à construção de uma sociedade sem grandes contrastes.
Que foi difícil o início de tudo, não temos dúvida. Ainda hoje temos, graças a Deus, o testemunho de quem participou das primeiras reuniões, de quem viu os primeiros passos, de quem pensou que não daria certo, mas deu tão certo que hoje não faltam candidatos para querer assumir a administração dos passos para um futuro, para os próximos 40 e, decisivos, anos.
Hamilton Pereira da Silva, pode não ser um craque no futebol, não é daqueles jogadores que são cobiçados para compor times de volei ou basquete, ou daqueles que são considerados fera no atletismo, mas é um vitorioso ao acreditar que, debaixo daquela jaqueira seria capaz de colher os frutos mais valiosos de sua vida. Hamilton Pereira é um campeão em fazer amigos, pois é medalha de ouro na modalidade trabalho, por isso sempre está atuante. Seja no Sindicato ou na Atteam Saúde, seja na Cooperativa ou Affeam Seguros, seja onde for, seja em que horas for é sempre bom contar com um amigo, um parceiro, um trabalhador, uma memória viva de nossa associação.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email