Tribunal lança rádio on-line institucional com notícias e programação musical

Informação, interatividade e boa música. Com essas premissas, o TCE-AM lançou a sua Web Rádio ‘Falando de Contas’, que passa a ser mais uma plataforma para divulgação das notícias e atos da Corte de Contas amazonense.

 Ao anunciar o lançamento da nova Web Rádio, o presidente do TCE, conselheiro Mario de Mello, destacou as funcionalidades e a praticidade que a plataforma oferece aos ouvintes e aos servidores da Corte de Contas.

 “A Web Rádio é uma ferramenta muito bem-vinda já que, ao potencializarmos a comunicação do Tribunal com os nossos jurisdicionados e com a sociedade civil, também estamos, de certa forma, prestando contas das nossas ações”, disse o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello.

 A Web Rádio Falando de Contas já pode ser acessada por meio do endereço eletrônico https://falandocontas.webradiosite.com/, além de estar disponível no site do TCE-AM: www2.tce.am.gov.br e ainda na Intranet do TCE.

 Inicialmente, a programação foi dividida entre músicas de gêneros nacionais como música popular brasileira (MPB), bossa nova, jazz, blues e música popular amazonense (MPA), com as toadas; e é acompanhada pelas principais notícias do Tribunal, com locução dos próprios servidores e estagiários do TCE, além de retransmissões ao vivo de eventos, como as sessões do Tribunal Pleno.

 Segundo o diretor de comunicação do TCE-AM, jornalista Elvis Chaves, a ideia é abrir o espaço de utilização da Web Rádio para os demais setores do Tribunal de Contas, como Escola de Contas e Ouvidoria, por exemplo. Segundo ele, a plataforma é um meio de comunicação que, dentro da Corte de Contas, será democrática, com espaço para todos os setores divulgarem suas atividades na grade de programação.

Presidente do TCE vira sócio honorário da Academia de Ciências e Letras Jurídicas 

Foto: Divulgação

O presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello, é o mais novo sócio honorário da Academia de Ciências e Letras Jurídicas do Amazonas (ACLJA). O conselheiro Mario de Mello recebeu o título durante evento de comemoração dos quatro anos da Academia, nessa terça-feira (13), na Pizzaria Loppiano, bairro Praça 14.

Ao receber o título, o conselheiro-presidente destacou o orgulho de fazer parte da entidade que, segundo ele, é uma das mais prestigiadas do Estado.

“É um motivo de grande honra e orgulho para mim e para minha família receber esse título e poder estar ao lado de nomes incontestáveis no setor jurídico amazonense. Sem dúvidas, esse é mais um reconhecimento do bom trabalho que todos nós do Tribunal de Contas do Amazonas temos realizado visando as boas práticas das contas públicas amazonenses, não só com punições, mas também com ensino pedagógico e parcerias salutares com os demais órgãos do Estado”, afirmou o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello.

O presidente da Corte de Contas agora faz parte de um hall de personalidades que são consideradas sumidade na área jurídica do Amazonas.

Municípios receberão orientação técnica para gastos com Saúde

O TCE-AM emitirá uma nota técnica orientando os municípios a se adequarem à legislação.

A adequação às normas vigentes de transparência é importante pelo fato de que a gestão de saúde no município tem a incumbência de elaborar um Plano Municipal de Saúde, que serve como base para os programas de saúde definidos no Plano Plurianual (PPA).

O Plano também é a base para a preparação da Programação Anual de Saúde (PAS), que normaliza as metas e planos para créditos orçamentários necessários para custear despesas a serem executadas nos exercícios subsequentes, além de orientar a programação da proposta de Lei Orçamentária Anual (LOA) de cada município.

Mais de​ ​10 toneladas de resíduos são destinados para reciclagem

Para incentivar a reciclagem, o TCE-AM realizou o recolhimento e destinação correta de mais de 10 toneladas de resíduos sólidos. Todo o material acumulado foi levado para uma cooperativa de recicladores e catadores de Manaus para posterior reutilização.

Para o presidente do TCE, conselheiro Mario de Mello, a ação socioambiental da Corte de Contas pode servir como incentivo para que os demais órgãos da administração pública também façam o mesmo.

“O Tribunal de Contas do Amazonas precisa ser sempre o órgão a tomar iniciativas socioambientais, até mesmo para servir como exemplo para toda a administração pública. Dessa forma, até mesmo itens que seriam considerados lixos e descartáveis, podem ter uma destinação correta e serem, posteriormente, reutilizados, sem afetar o meio ambiente”, disse o conselheiro Mario de Mello.

Tribunal fiscalizará qualidade asfáltica e do solo 

A qualidade do asfalto e do solo em obras públicas de pavimentação no Amazonas passarão, a partir deste ano, a ter fiscalização ativa do TCE-AM por meio de uma unidade móvel exclusiva para essa ação.

O objetivo, segundo o presidente do TCE, conselheiro Mario de Mello, é garantir que a continuidade da obra dependa de uma boa qualidade na sua execução, obrigando a suspensão das atividades, no caso de serviços com má qualidade.

“Nossa intenção é tornar a fiscalização mais efetiva e permitir a correção preventiva, ou seja, antes que o desperdício se concretize, possibilitando uma melhor destinação dos recursos públicos nas obras, especialmente nas de pavimentação”, explicou o conselheiro Mario de Mello.

O Amazonas é o quarto Tribunal de Contas estadual a utilizar unidade móvel de fiscalização, acompanhado dos TCEs de Santa Catarina, Goiás e do Piauí. 

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email