6 de dezembro de 2021

‘Três Minutos de Sol’ abre o Festival Amazonas de Ópera

Um triângulo amoroso em meio a uma pandemia, que tem como meio principal de interação as redes sociais, se desenvolve na ópera “Três Minutos de Sol”, do compositor Leonardo Martinelli, com libreto de João Luiz Sampaio. A montagem estreia no 23º Festival Amazonas de Ópera (FAO), abrindo a programação do evento, no dia 6 de junho. Neste ano, a programação do festival será transmitida inteiramente on-line por meio do Facebook e Youtube da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (@culturadoam), e também pelo canal do Youtube do FAO (festivalamazonasdeoperafao).

Realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e da Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural, o festival está sendo produzido inteiramente com verba da iniciativa privada, por meio do Bradesco e da Motorola, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, Ministério do Turismo e Secretaria Especial de Cultura. Conta ainda com parceria do canal Allegro HD e TV Encontro das Águas, e com o apoio do Catavento Museu de Ciências e da Importadora Carioca.

“Três Minutos de Sol” é uma ópera em ato único, dividido em três cenas de aproximadamente 10 minutos cada. Na história, o público é apresentado aos personagens Laura (a soprano Lina Mendes), Duda (o contratenor Sávio Faschét) e Marcos (o barítono Vitor Mascarenhas). A estreia conta com a direção de cena de Julianna Santos, e os solistas são acompanhados por músicos da Amazonas Filarmônica. A obra foi encomendada especialmente para o FAO.

Música e artes visuais na “Agenda Virtual”

Foto: Divulgação

A “Agenda Virtual”, no Portal da Cultura, apresenta projetos contemplados pela Lei Aldir Blanc e nesta semana conta com destaques em música, literatura e artes visuais. Para cadastrar o projeto, basta acessar o link http://bit.ly/aldirblancagenda e preencher as informações no formulário. Em seguida, o evento fica registrado em cultura.am.gov.br. 

Mural –  O mural “Boriwi – Mundo dos Falecidos”, produzido pelo artista Levi Gama, na escola Dom Gino, em Parintins, realiza uma homenagem às lideranças indígenas que morreram na pandemia de Covid-19. O projeto visa prestar uma homenagem póstuma.  

Saiba mais sobre o projeto e o artista: Instagram (@levigama.hqs). 

Videoclipe – A artista e pesquisadora Kely Guimarães lançou, em seu canal no YouTube, o videoclipe “Crescente”, que tem direção e roteiro de Bárbara Umbra e conta com uma equipe de profissionais altamente qualificados do audiovisual local.  

Assista: YouTube (https://www.youtube.com/c/KelyGuimar%C3%A3es). 

Lançamento de EP – Neste sábado (28/5), será lançado nas principais plataformas de streaming o EP “Tô chegando”, com cinco faixas autorais de Jorjão Pampolha. Em seu segundo lançamento, o artista une o mainstream com as influências da cultura do norte brasileiro, trazendo os ritmos do MPB, samba, samba rock e também do samba funk.  Saiba mais sobre o artista: Instagram e Twitter (@jorjaopampolha), Facebook (facebook.com/jorjaopampolha) e YouTube (youtube.com/jorjaopampolha).

Curta os curtas!

Foto: Divulgação

Três curtas-metragens estão disponíveis, neste mês, no canal do Grupo Picolé da Massa no Youtube. Os filmes são produzidos por jovens que participaram das oficinas de audiovisual oferecidas pelo projeto Cine Bodó, iniciativa aprovada no Prêmio Feliciano Lana que promove capacitação audiovisual gratuita, com o intuito de produzir, difundir, idealizar, escoar e incentivar projetos culturais ligados às linguagens artísticas e audiovisual.

A Mostra Virtual de Audiovisual Cine Bodó 2021 conta com o curta “Não desista”, do Soul do Monte, no bairro Monte das Oliveiras, que retrata a história de uma família que enfrenta dificuldades financeiras, mas encontra em notícias ruins a esperança e felicidade para os membros.

“O cajueiro” fala sobre a vida de uma árvore presente no Quilombo Urbano de São Benedito, na Praça 14, que guarda, em seu tronco e folhas, memórias presenciadas ao longo do tempo. Já “A menina metida”, curta produzido no bairro João Paulo, na Associação Diamante Lapidado, traz a perspectiva de Júlia, uma criança que, ao negar brincar com seus amigos, percebe a alegria e a diversão presente nas brincadeiras de rua que muitos adultos já participaram.

Alaídenegão faz a festa

Foto: Divulgação

No dia 30 de maio, a banda Alaídenegão lança o show de 13 anos de carreira, gravado no Centro Cultural dos Povos da Amazônia. O projeto comemorativo do grupo amazonense foi contemplado no Edital Prêmio Manaus de Conexões Culturais, da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

A apresentação vai ficar disponível no canal da Cauxi Produções no Youtube enquanto o acesso ao áudio pode ser pelo Spotify, Tidal, Apple Music e Deezer.

O show, gravado em 3 de dezembro de 2020, teve a participação do público em número reduzido por conta da pandemia, no Espaço Rio Amazonas, onde fica a exposição “Os Filhos da Nossa Terra” sob uma cúpula confeccionada em fibra de arumã e com estátuas assinadas pelo artista plástico Felipe Lettersten, numa homenagem a povos distintos do continente americano.

O projeto “Alaídenegão 13 Anos” tem, no roteiro, composições do grupo desde o início, em 2008, até o último CD, lançado em fevereiro deste ano, com o título “Cantos da Beira”. A apresentação traz a participação de convidados, como Márcia Novo, Marcelo Nakamura, Clóvis Rodrigues, da Tucumanus; Milton, da Cabocrioulo; e Neuber Uchôa, de Roraima.

Emicida concorre ao BET Awards

Foto: Divulgação

Foi divulgada a lista de indicados ao BET Awards deste ano e ela conta com o rapper brasileiro Emicida.

Concorrendo a categoria de Melhor Artista Internacional, o cantor está indicado ao lado de Aya Nakamura e Youssoupha, da França, Burna Boy e Wizkid, da Nigéria, Diamond Platnumz, da Tanzania, Headie One e Young T & Bugsey, do Reino Unido.

O BET Awards é um prêmio que acontece nos Estados Unidos e é voltado a estrelas afro-americanas de várias áreas: música, atuação, esporte e entretenimento. Ao total, são 21 categorias.

A participação do Emicida como único brasileiro mostra a importância que o seu trabalho vem fazendo até então. Com os recentes projetos voltados para o álbum e agora documentário “AmarElo“, o rapper conquistou um grande público com suas letras e reflexões profundas.

IZA anuncia nova música para a próxima quinta-feira

Foto: Divulgação

Essa semana, IZA divulgou em suas redes sociais um pequeno vídeo com o pré-save de Gueto, nova música da cantora que tem data de lançamento para dia 03 de Junho, próxima quinta-feira.

No vídeo com o pré-save do novo single, “Gueto”, IZA aparece deslumbrante com um cabelo black power e vestindo um conjunto de estampa de animal print, atrás de uma bancada repleta de jóias, representando algo como uma loja de jóias.

Ao que tudo indica, o clipe de “Gueto” dá início a uma nova etapa da carreira de IZA e as estratégias de marketing estão vindo com tudo. Além disso, o nome do diretor do clipe, Felipe Sassi, aparece nos créditos.

Felipe já trabalhou com IZA nos clipes de “Bend The Knee”, em parceria com Timbaland e Bruno Martini,, “Onde A Gente Chegou”, com Di Ferrero e Let Me Be The One“, com Major Lazer. O novo single estará disponível dia 03/06“.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email