16 de abril de 2021

TRE e Semed lançam projeto “O Eleitor do Futuro”

O lançamento do projeto “Eleitor do Futuro”, junto com a cartilha “Uma lição de Democracia”, realizado hoje no auditório da Escola Municipal Desembargador Candido Honório, no bairro da Alvorada, é uma parceria entre Escola Judiciária Eleitoral do Amazonas, do TRE-AM (Tribunal Regional Eleitoral), e Semed (Secretaria Municipal de Educação), e visa trabalhar a importância do voto consciente com os alunos em idade pré-eleitoral.
Várias autoridades estavam presentes no encontro, como Joana dos Santos Meirelles, Juíza de direito e diretora da Escola Judiciária Eleitoral do Amazonas; o Juíz Victor Andrade Luiz; o subsecretário de Infraestrutura e Logística da Educação, Marcelo Henrique Campbell da Fonseca; e o secretário municipal de Educação, Mauro Lippi Filho, que se referiu a cartilha como um manual de instrução a todos os futuros eleitores. “Decidimos começar esse trabalho pela rede municipal com os alunos que hoje estão fazendo da 7ª a 9ª série, pois serão alunos que daqui uns anos irão votar. Através desse projeto poderão ter todo grau de conhecimento necessário. É também um tema de transversalidade que é incluso dentro da programação, dando orientação e entendimento através da cartilha a esses futuros eleitores”, afirmou o secretário Lippi Filho, lembrando que muitas disciplinas como Educação Moral e Cívica, que transmitiam esse conhecimento sobre os problemas brasileiros foram retiradas do currículo educacional, e o resgate disso vem através desse programa de convênio. “Esperamos que os alunos aproveitem bastante e tomem conhecimento desse processo de cidadania que é uma arma poderosa que eles têm para modificar toda nossa cultura, todo problema que se insere dentro da eleição, como compra de votos e promessas que não são cumpridas, e que esses alunos venham a ser, no futuro, a diferença na hora de votar. Que eles votem em quem eles desejam e não por uma obrigação ou promessa, pois daqui uns anos essas crianças irão comandar este país com uma democracia bem diferente da que existe hoje”, avaliou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email