TRE-AM abre novo concurso para 40 vagas

Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas abre inscrições no dia 6 de dezembro para concurso de 40 vagas

Saiu edital de um dos maiores concursos do Estado do Amazonas em 2013. O presidente do TRE-AM (Tribunal Regional Eleitoral), lançou normas para realização de concurso público que visa o provimento de cargos vagos do quadro de pessoal do órgão nas carreiras de Analista Judiciário e Técnico Judiciário. São 40 vagas abertas mais formação de cadastro de reserva em várias áreas de atuação, sob regime estatutário, para atuação tanto na Secretaria do Tribunal como nos Cartórios das Zonas Eleitorais da Capital e do Interior do Estado. O concurso será organizado e executado pelo IBFC (Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação).
Para candidatos de nível médio são ofertadas 25 vagas de Técnico Judiciário para atuação nas áreas administrativa, enfermagem, higiene dental, operação de computadores e programação de sistemas. Aprovados e nomeados terão remuneração de R$ 4.635,03.
Os candidatos de nível superior poderão concorrer no cargo de Analista Judiciário, que tem 15 vagas nas seguintes especialidades: administrativa, contabilidade, judiciária, análise de sistemas, biblioteconomia, engenharia, medicina e odontologia. A remuneração será de R$ 7.566,42 por jornada de trabalho entre 20 e 40 horas, conforme a especialidade. Veja mais detalhes dos cargos no edital do concurso.
Os interessados em concorrer a uma das vagas no TRE-AM poderão se inscrever no período de 6 a 26 de dezembro de 2013, exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico do IBFC. A taxa de inscrição será de R$ 70,00 para Analista e de R$ 45,00 para Técnico.
As provas objetivas serão aplicadas na data prevista de 2 de fevereiro de 2014, nas cidades de Eirunepé, Humaitá, Lábrea, Manaus, Parintins, São Gabriel da Cachoeira, Tabatinga e Tefé. Haverá também aplicação de prova discursiva para todos os cargos.
O prazo de validade do concurso público é de dois anos, contados a partir da data de homologação do resultado final no “Diário Oficial” da União, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email