Transporte fretado é meio mais usado pelas grandes empresas

Empresas como 3M do Brasil, SBT (Sistema Brasileiro de Televisão) e Basf disponibilizam transporte de fretamento para seus funcionários. Para Regina Rocha, assessora da Fresp (Federação das Empresas de Transportes de Passageiros por Fretamento do Estado de São Paulo), o transporte eleva a produtividade dos funcionários, mas o beneficio é em cadeia para a sociedade.

As grandes empresas estão investindo maciçamente na gestão da qualidade de vida de seus recursos humanos. As ações vão desde treinamentos, planos de carreira, programas de condicionamento físico e de nutrição balanceada até atividades culturais. Todos esses benefícios agregados à folha de pagamento são atrativos utilizados para reter ou atrair talentos, considerados hoje o maior capital das organizações.

As atitudes das empresas são memoráveis e vêm contribuindo muito para o desenvolvimento profissional e pessoal dos contratados. Exemplo dessa realidade é o que acontece em empresas, como Basf, 3M do Brasil e SBT. Além do seguro saúde, a BASF oferece programas de apoio à gestante e incentivo à amamentação. Na 3M do Brasil e no SBT os funcionários recebem previdência privada complementar. Nas três, o transporte dos colaboradores é feito por ônibus de fretamento.

Vantagens trabalhistas

Há apenas 20 anos as vantagens trabalhistas eram bem diferentes. Até meados da década de 80 as organizações não eram obrigadas nem ao menos a disponibilizar o vale-transporte para seus empregados e os custos de transporte ficavam por conta do próprio funcionário. O benefício passou a ser concedido quando a lei número 7.418 entrou em vigor em 1985.

Segundo a legislação vigente, o empregador deve antecipar as despesas para o trabalhador descolar-se no trajeto casa trabalho e vice-versa, sem natureza salarial. Hoje, muitas empresas já adotaram o fretamento como opção. Segundo levantamento da consultoria Deloitte Touche Tohmatsu, sobre administração de recursos humanos, o transporte de funcionários é um benefício oferecido por 52% das empresas, de um universo de 201 empresas pesquisadas.
Para Regina Rocha, assessora jurídica da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros por Fretamento do Estado de São Paulo, prover condições para o transporte por fretamento é de suma importância para que o funcionário possa deslocar-se ao seu local de trabalho com mais tranquilidade e desempenhar bem as suas funções e, consequentemente, contribuir para o desenvolvimento da empresa como um todo.

Contratempos são reduzidos

“O transporte público é insuficiente nos grandes centros urbanos para atender toda a demanda de passageiros. Quando ocorrem greves dos metroviários ou mesmo dos trabalhadores das empresas de ônibus tradicionais não há como confiar que o empregado estará todos os dias no horário combinado na porta da empresa, para exercer as suas atividades. Já o transporte por fretamento diminui muito o risco de atrasos e outros contratempos”, complementou Regina.

Na 3M do Brasil, que conta hoje com 3.300 empregados, o transporte por fretamento já era utilizado mesmo antes da obrigatoriedade do vale-transporte no Brasil. “A utilização do fretamento pela 3M tem mais de 50 anos”, comentou Maria Amélia Ramos, gerente de Serviços Administrativos, que há 32 anos trabalha na empresa. “As vantagens são a comodidade, o conforto e a segurança e não há desconto em folha de pagamento, o empregado não arca com esse custo”.

Mais conforto aos colaboradores

Hoje, 55% dos colaboradores da 3M utilizam o transporte por fretamento. “Cerca de 1.800 funcionários são transportados diariamente nos três centros fabris da companhia, instalados em Sumaré, Itapetininga e Ribeirão Preto, cidades do interior de São Paulo”, relatou Maria Amélia.

O SBT (Sistema Brasileiro de Televisão), localizado em Osasco na grande São Paulo, há 11 anos disponibiliza aos seus funcionários o transporte por fretamento.
A modalidade transporta mil colaboradores diariamente, da emiss

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email