Totvs tem rentabilidade acima do Ibovespa

A Totvs, empresa de desenvolvimento e comercialização de software de gestão empresarial, apresentou a maior rentabilidade desde a abertura de capital (IPO, na sigla em inglês), descontada a valorização do Ibovespa no período, entre as companhias listadas na bolsa. Segundo levantamento da Economática, os papéis da Totvs, que realizou o IPO em março de 2006, valorizaram-se 219% acima do Ibovespa até o dia 23 de dezembro.
O estudo da Economática apontou na sequência, entre as empresas com maior rentabilidade após IPO, descontada a valorização do Ibovespa, Odontoprev (181%), Localiza (179,5%), Le Lis Blanc (175,2%), Hypermarcas (149,5%), Lojas Marisa (138,2%), Natura (134,2%), Cyrela (110,6%), Multiplus (98,3%), Porto Seguro (97,3%), PDG Realty (92,6%), SulAmérica (89,3%), Mills (84,5%), Helbor (83%), OGX Petróleo (64,2%), Fleury (60,2%), Cetip (59,6%), Dasa (58,1%), BR Malls (55,7%) e MRV (53,5%).
No lado oposto, a Brasil Ecodiesel, produtora de biodiesel, que ingressou na bolsa em novembro de 2006, registrou a maior queda descontada a rentabilidade do Ibovespa, com desvalorização de 92,9%. Em seguida, aparecem: Laep (-89,4%), Inpar (-85,1%), Springs (-77,8%), CSU Cardsystem (-77,2%), Positivo (-71,6%), Renar Maças (-70,3%), Cr2 (-69,5%), Brookfield (-68,5%), Gol (-68,3%), JHSF (-66,3%), Uol (65,3%), Minerva (-64,9%), Camargo Correia Desenvolvimento Imobiliário (-63,9%), Fertilizantes Heringer (-62,1%), Sofisa (-61,4%), Profarma (-58,9%), Grendene (-58,4%), Providência (-58,3%) e Panamericano (-57,5%).

Ganho nominal

A pesquisa comparou também a valorização nominal dos papéis desde o IPO, mas desconsiderando a variação do Ibovespa no período. Neste critério, a Natura lidera, com alta de 750%, seguida por Localiza (680%), Totvs (485%), Cyrela (470%), Porto Seguro (462%), Odontoprev (358%), Dasa (348%), CPFL Energia (276%), OHL (258%) e PDG (195%).
Entre as maiores quedas nominais estão Laep (-88,8%), Ecodiesel (-88,4%), Inpar (-80,9%), Springs (-71,8%) CSU Cardsystem (-61,4%), Minerva (-58,7%), Cr2 (-57,7%), Panamericano (-55%), Positivo (-54,8%) e JHSF (-50,9%). Neste caso, a Economatica pondera que a comparação direta entre as empresas não pode ser feita porque os IPOs foram realizados em momentos diferentes.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email