Durante o feriado prolongado do Natal, cerca de 25 mil motoristas fizeram o teste do bafômetro nas rodovias federais. Foram 855 reprovados, e desses, 393 foram presos em flagrante por crime de trânsito – por ultrapassarem o índice de 0,30mg de álcool por litro de ar assoprado ou por apresentarem sintomas de embriaguez e se recusarem a realizar o teste.
Para aqueles que gostam de beber ‘além da conta’ acaba de chegar ao mercado: um chaveiro com o mini bafômetro da linha Confirme Álcool, um aparelho portátil que permite determinar a concentração de álcool no sangue, analisando o ar exalado dos pulmões.
O aparelho pode ajudar a diminuir, ainda mais, o índice de mortes e acidentes por causa da bebida alcoólica. Desde que a Lei Seca entrou em vigor, as mortes com acidentes no trânsito diminuíram cerca de 50%. Porém, os motoristas ainda não estão totalmente conscientizados de que bebida e direção realmente não combinam. Alguns desavisados ainda arriscam em circular pelas ruas e estradas com seus níveis alcoólicos acima do que é permitido por lei.
Admitir ou ter certeza de que se está alcoolizado e muitas vezes ter que aceitar fazer o teste do bafômetro ainda é um problema para a população brasileira.
O Confirme álcool é o princípio de detecção do grau alcoólico está fundamentado na avaliação das mudanças das características de um sensor sob os efeitos provocados pelos resíduos de álcool etílico no hálito do indivíduo.
Em 1954, no Estado de Indiana nos EUA, foi criado o primeiro bafômetro pelo doutor Robert Borkenstein da polícia local. O intuito do produto era facilitar a verificação do nível de embriaguês do motorista nas blitz, já que não eram tão práticos os exames de urina e sangue.
Aparelho pode ser adquirido por meio do site www.confirme.com.br. Preço sugerido: R$ 39.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email