TECNOLOGIA – Cirurgia ocular a laser está avançada

A cirurgia a laser para correção de miopia, astigmatismo e hipermetropia é tão segura e a tecnologia utilizada tão avançada que se tornou o procedimento cirúrgico mais realizado no mundo todo. O laser empregado é o Excimer. Trata-se de um feixe de luz ultravioleta invisível e sem calor que, através de um controle digital, retira camadas de tecidos com precisão microscópica, devolvendo a visão normal ao paciente.
De acordo com o cirurgião-oftalmologista Renato Neves, presidente do Eye Care Hospital de Olhos, em São Paulo, “para a correção de miopia o laser é aplicado na área central da córnea; na hipermetropia, realiza-se a retirada de tecido na periferia da córnea; e no astigmatismo o tratamento é realizado em áreas selecionadas, aplanando ou encurvando a região central”. Mas, por mais popular que esse procedimento tenha se tornado, ainda persistem dúvidas entre os pacientes ou prováveis candidatos à cirurgia. A seguir, o especialista comenta as cinco dúvidas mais comuns sobre cirurgia ocular a laser:
1. Como é o procedimento e o pós-operatório? – “Na sala de cirurgia, o paciente é acomodado em uma cadeira especial, em posição horizontal. Suas pálpebras são limpas com substância esterilizante e em seguida são aplicados colírios anestésicos. O olho a ser operado é aberto com um equipamento próprio para mantê-lo imobilizado durante o procedimento -que é rápido e eficiente. O pós-operatório consiste no uso de colírios lubrificantes, antibióticos e esteroides que previnem infecção e auxiliam na cicatrização”.
2. Quando volto às atividades normais? – “No dia seguinte à cirurgia já é possível trabalhar, assistir televisão e usar o computador. Atividades físicas sem contato podem ser retomadas na sequência, mas mar, piscina e sauna devem ser evitados por um mês. Para voltar a dirigir vai depender do quanto o paciente se sente seguro para isso, já que luzes noturnas podem confundir a visão durante um tempo por causa do brilho intenso que se forma ao seu redor”.
3. Vou ter de usar lentes de contato após a cirurgia? – “Nas cirurgias de antigamente, a córnea era tão alterada que se tornava impossível usar qualquer tipo de lente, mesmo as cosméticas e coloridas. Com a cirurgia a laser isso mudou, sendo possível usar lentes com ou sem grau. Porém, poucas vezes é necessário fazer uso de lentes, por conta da alta precisão que os lasers apresentam”.
4. O resultado é duradouro? – “Estudos mostram uma estabilidade da visão nos cinco anos subsequentes à cirurgia. Pessoas com mais de 60 ou 70 anos também costumam apresentar resultados estáveis e sem complicações. Além da estabilidade na correção, a nova geração de lasers não representa contraindicação à cirurgia de catarata”.
5. E se voltar a miopia depois de um tempo? – “Normalmente, a correção é total e estável. Pode ser necessária uma correção para perto em pacientes com 40 ou 45 anos que tenham sido operados e estejam apresentando dificuldades de foco na leitura. Embora pouco comum, caso isso ocorra, um retratamento pode ser realizado”.
Na opinião de Renato Neves, para obter um resultado ideal na cirurgia ocular a laser é importante, primeiramente, que o paciente procure saber com seu oftalmologista qual será o tipo de laser utilizado e se ele já foi aprovado por estudos em outros países. Além disso, uma avaliação pré-operatória criteriosa é fundamental.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email