Taxas de juros cobradas no mês de julho são as menores em sete anos

Apesar de ainda muito altos, os juros cobrados ao consumidor voltaram a apresentar nova queda no mês passado e estão no menor patamar desde 2000. A taxa média da pessoa física está em 47% ao ano em julho, contra 47,8% ao ano no mês anterior.
O recuo ocorreu nas principais modalidades de crédito, principalmente no pessoal e nas linhas voltadas para aquisição de veículos, segundo nota divulgada pelo Banco Central.
“Esse resultado foi determinado pela queda generalizada nas taxas das principais modalidades, destacando-se as diminuições de 0,5 ponto percentual e de 0,7 ponto percentual em crédito pessoal e em aquisição de veículos, respectivamente”, afirma a nota.
Foi verificado também um recuo no spread -diferença entre o custo da captação das instituições financeiras e a taxa efetiva cobrada dos clientes-, que passou de 37,1 pontos percentuais para 36,3 pontos. Além da queda nos juros.
O crédito pessoal caiu para 50,6% ao ano em julho, contra 50,1% ao ano em junho. Em 12 meses, esse recuo é de 9,2 pontos percentuais. Dentro dessa modalidade está o crédito consignado -desconto em folha de pagamento-, que apresentou um recuo de 0,5 ponto, para 31% ao ano no mês passado.
Na aquisição de veículos, a taxa passou de 29,4% ao ano para 28,7% ao ano em julho. Em 12 meses, o recuo chega a 3,9 pontos percentuais. A taxa para a aquisição dos demais bens caiu um pouco menos, 0,6 ponto, para 54,7% ao ano em julho. A queda no acumulado de 12 meses é de 4,9 pontos. No cheque especial, a queda foi de 0,5 ponto e a taxa terminou o mês passado em 139,2% ao ano. No ano, a modalidade mais cara ao consumidor apresentou um recuo de apenas 4,9 pontos.
No caso das empresas (pessoas jurídicas), a taxa de juros caiu de 23,7% ao ano para 23% ao ano e o spread caiu 0,5 ponto, para 12,1 pontos percentuais. Com isso, a taxa média geral, que inclui as empresas e as pessoas físicas, diminuiu de 36,7% ao ano em junho para 35,9% ao ano no mês passado. A queda do spread foi de 0,7 ponto, para 25,1 ponto.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email