Taxas de empréstimo e cheque têm oitava queda

As taxas de juros cobradas pelos bancos para empréstimo pessoal e cheque especial para pessoa física apresentaram a oitava queda consecutiva em agosto, segundo pesquisa do Procon-São Paulo.
As reduções, segundo o levantamento, no entanto, não foram muito expressivas, ressaltou o Procon. Na maioria dos bancos da amostra as reduções não chegaram a ultrapassar 0,04 ponto percentual.
No acumulado do ano, a taxa média mensal do empréstimo pessoal apresentou queda de 0,98 ponto percentual; no cheque especial a redução foi menor: 0,54 ponto percentual.
No empréstimo pessoal a taxa média dos bancos pesquisados foi de 5,27% ao mês, inferior a do mês anterior, que foi de 5,30% a.m., significando um decréscimo de 0,03 ponto percentual.
No cheque especial a taxa média dos bancos pesquisados foi de 8,79% a.m., inferior a do mês anterior, que foi de 8,83% a.m., significando um decréscimo de 0,04 ponto percentual.
As dez instituições financeiras pesquisadas foram Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Nossa Caixa, Real, Safra, Santander e Unibanco.
Dos dez bancos pesquisados, sete reduziram suas taxas no empréstimo pessoal e oito reduziram no cheque especial.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email