Taxas cobradas ficam estáveis em março

Uma pesquisa realizada pelo Procon-SP em dez instituições financeiras constatou que a taxa de juros de empréstimo pessoal e de cheque especial teve pequena alteração no mês de março.
Segundo o órgão, “esse comportamento cauteloso do mercado demonstra que não há expectativa de uma maior flexibilização da taxa básica da economia neste momento’’.
Os juros médios do empréstimo pessoal ficaram em 5,51% ao mês, 0,02 ponto percentual superior à taxa de fevereiro. Para o cálculo, foi estipulado o prazo de 12 meses para a tomada de crédito.
No cheque especial, a taxa média ficou em 8,2% ao mês, 0,01 ponto percentual abaixo da registrada no mês anterior. Na pesquisa, foi considerado o período de trinta (30) dias.
Os bancos pesquisados foram Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Nossa Caixa, Real, Safra, Santander e Unibanco.
A pesquisa foi realizada no dia da reunião de março do Copom (Comitê de Política Monetária), que decidiu pela manutenção da taxa básica de juros (Selic) da economia, em 11,25% ao ano. Como a taxa vem sendo mantida nos últimos meses, o Procon-SP afirma que, mesmo que o levantamento tivesse sido feito após a decisão, não haveria alteração significativa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email