Taxa de desemprego é a menor desde 2002

A taxa de desemprego apurada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nas seis principais regiões metropolitanas do país ficou em 7,5% em maio, ante 7,3% em abril, segundo informou ontem a instituição

A taxa de desemprego apurada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nas seis principais regiões metropolitanas do país ficou em 7,5% em maio, ante 7,3% em abril, segundo informou ontem a instituição. Houve uma aceleração ante os 7,3% contabilizados em abril. Em maio de 2009, havia sido de 8,8%. O resultado ficou acima do intervalo das estimativas dos analistas, que esperavam índice entre 6,8% e 7,4%, com mediana de 7,1%.
De acordo com o IBGE, o rendimento médio real dos trabalhadores chegou a R$ 1.417,30 em maio. O resultado representa uma variação negativa de 0,9% em relação a abril e uma alta de 2,5% na comparação com maio de 2009. A taxa nas seis principais regiões metropolitanas do país no mês passado é a menor, para meses de maio, desde o início da série histórica do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), iniciada em março de 2002. Segundo informou hoje o instituto, o número de ocupados em maio somou 21,878 milhões, com alta de 0,3% ante abril e aumento de 4,3% em relação a maio de 2009. Já o número de desocupados totalizou 1,764 milhão, com alta de 3,2% ante abril e queda de 13,4% na comparação com maio do ano passado.

Renda real

A massa de renda real (descontada a inflação) habitual dos ocupados nas seis principais regiões metropolitanas do país chegou a R$ 31,299 bilhões em maio de 2010, com queda de 0,6% ante abril e aumento de 6,7% ante maio de 2009, informou o IBGE
Já a massa de renda real efetiva, sempre referente ao mês anterior ao da PME (Pesquisa Mensal de Emprego), ficou em R$ 31,029 bilhões em abril de 2010, com queda de 1,1% ante março e aumento de 6,7% ante abril do ano passado.
O IBGE mede a situação do mercado de trabalho nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Porto Alegre.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email