10 de abril de 2021

Taxa de desemprego cai para 14,6% em agosto, aponta pesquisa do Dieese

O Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), em parceria com a Fundação Seade, apontou em pesquisa que a taxa de desemprego caiu para 14,6% em agosto, após registrar 15% em julho

O Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), em parceria com a Fundação Seade, apontou em pesquisa que a taxa de desemprego caiu para 14,6% em agosto, após registrar 15% em julho.
O contingente de desempregados nas seis regiões analisadas (Belo Horizonte, Distrito Federal, Porto Alegre, Recife, Salvador e São Paulo) foi estimado em 2,932 milhões de pessoas no mês passado, 79 mil a menos do que em julho. Esse número é resultante da criação de 125 mil vagas e da entrada de 46 mil pessoas na força de trabalho.
Apenas a região metropolitana de Recife teve aumento no índice, passando de 18,9% para 19,5%. O nível de ocupação no país cresceu 0,7%, depois de permanecer estável no mês anterior. O total de ocupados nesses locais foi estimado em 17,145 milhões de pessoas para uma PEA de 20,077 milhões. Somente em São Paulo, o contingente de desempregados chegou a 1,501 milhão de pessoas, 61 mil a menos do que em julho. Nessa região metropolitana, a taxa passou de 14,8% para 14,2%. Em Belo Horizonte, a taxa de desemprego foi de 11% para 10,9%. Em Porto Alegre, teve queda de 12% para 11,6%. No Distrito Federal, foi de 15,9% para 15,5%. Em Salvador, passou de 20,9% para 20%.
Na divisão por setores de atividade, o nível de ocupação cresceu em serviços (91 mil), na construção civil (32 mil) e na indústria (12 mil). Em termos percentuais, o maior crescimento foi registrado na construção civil (3,1%). No comércio e no agregado “outros setores”, houve a perda de 5 mil vagas em cada um.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email