Tártaros: o perigo que ronda a vida dos pets. Cuidar da boca é fundamental

Você escova os dentes regulamente de seu pet? Se disser que não, é compreensível, pois a maioria dos tutores não costuma cuidar regularmente da boca dos bichinhos, dando oportunidades para o surgimento de cáries, tártaros e doenças periodontais, que afetam a gengiva e até o osso da mandíbula.

Os tártaros são acúmulos de placas dentárias onde as bactérias produzem toxinas que ameaçam a saúde dos pets. Extremamente nocivos, esses micro-organismos podem migrar para órgãos vitais e causar morte súbita. Por isso, é preciso ficar de olho na higiene bucal.

Portanto, a escovação dos dentes também é importante para a saúde dos animais domésticos. Um cão ou gato cujo tutor não cuida dos seus dentes pode desenvolver muitas doenças, entre elas, problemas gástricos e intestinais. E até câncer, muitas vezes irreversível, causando muito sofrimento tanto para o bichinho quanto para os seus tutores.

Engolir constantemente bactérias cria o ambiente adequado para a proliferação de toda sorte de doenças. Além de ser uma ameaça constante à saúde, a não escovação deixa os pets com um hálito desagradável. Quem não reage com insatisfação ao deparar com um bichinho exalando um ‘bafo de onça’?

Não basta só cuidar da aparência do bichinho. Também é necessário olhar com carinho para o seu bem-estar, que depende de uma boa alimentação, cuidados básicos com os dentes, vacinação em dia, além de um ambiente saudável que lhe proporcione carinho, lazer e amor.

Existe um creme dental específico para a higienização dos dentes de cães e gatos. Por falta de informações ou até mesmo negligência, muita gente faz a escovação com a pasta dentária de humanos, que não é adequada para os bichinhos por conter flúor. E é aí que mora o perigo. Se ingerida, essa substância causa intoxicação. Então, recorra somente a produtos para animais.

Então, lembre-se que a saúde do seu bichinho começa pela boca. Cuide muito bem dos dentes deles e vigie constantemente o que ele deve comer – o que é nocivo ou não. Só assim, você evitar prejuízos com tratamentos médicos caros, além do risco de perde-lo devido a uma doença sorrateira e a um mal súbito. Fica a dica!

POR DENTRO                  

Periodondite – Ocorre quando o tártaro se acumula, acarretando inflamação e retração gengival (com ou sem sangramento).

. Lesão Reabsortiva dos Felinos (LRF) – considerada como a cárie dos gatos, ela pode ocasionar a reabsorção dos dentes do animal e deixá-lo mais frágil e predisposto a fraturas.

. Fratura dentária – o trauma expõe a polpa do dente, estrutura interna constituída por vãos sanguíneos e nervos, e costuma acontecer mais nos dentes caninos.

. Complexo Gengivite-Estomatite-Faringite (CGEF) – é caracterizada por lesões hiperêmicas (com sangramento) que formam úlceras na região dos arcos glossopalatinos, uma parte mais posterior da boca do  gatinho.

DICA ANIMAL

‘Esse carrapato não me deixa em paz’

Infelizmente, muitos tutores continuam negligenciando os cuidados com os carrapatos. Esses parasitas causam inúmeras doenças aos bichinhos se não controlados regularmente. E a mais perigosa é a erliquiose canina, transmitida pela bactéria ehrlichia.

A doença do carrapato destrói todo o sangue do animal. Ela causa uma anemia profunda que evolui para o choque hipovolêmico (quando o coração não tem mais o que bombear na corrente sanguínea). É o ‘golpe de misericórdia’ de uma situação de muito sofrimento.

Existem hoje muitos recursos para o controle de carrapatos. Os mais indicados são os remédios orais, de dose única, que podem prevenir a infestação por até dois anos se tomados periodicamente. Com a prevenção, evita-se prejuízos com tratamentos caros. Então, não descuide desses pequenos ácaros que correm atrás do seu pet e ameaçam constantemente a saúde deles.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email