Tarso nega participação da PF em suposto grampo

O ministro Tarso Genro (Justiça) rebateu as acusações de que integrantes da Polícia Federal teriam grampeado telefones de ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) de forma ilegal. Tarso disse que a PF só realiza escutas telefônicas devidamente autorizadas pela Justiça a pedido do Ministério Público Federal.
“Esses são os grampos que a Polícia Federal faz, o resto ela não faz. Se alguém fizer em seu nome, é uma afronta à Polícia Federal”, disse o ministro.
Apesar de negar o suposto grampo ilegal, Tarso afirmou que o governo vai apurar as denúncias dos ministros do STF. “Qualquer denúncia concreta de qualquer cidadão que tenha escuta ilegal será apurada e exemplarmente punida. Eu afirmo é que a PF faz grampos a pedido do Ministério Público e por determinação do juiz”, afirmou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email