Tarifas geram economia milionária a consumidores

Os consumidores brasileiros já economizaram, nos últimos seis meses, cerca de R$ 10 milhões nas compras de passagens aéreas. O motivo foi a capacidade de encontrar as tarifas promocionais nos sistemas de vendas online de tickets, inclusive como aconteceu no último final de semana, quando muitas companhias lançaram preços extraordinariamente baixos aos compradores.
O dado é fruto de um levantamento da agência virtual ViajaNet, que apurou a diferença entre o preço pago pela passagem com a média dos preços praticados por uma determinada rota e companhia aérea, em reservas de outubro do ano passado até março de 2014. De lá para cá, mais de 43 mil pessoas foram beneficiadas.
Segundo a pesquisa, a economia com compras online de passagens aéreas pode chegar a até 80%. “Tivemos uma cliente que comprou um voo de Manaus para Porto Alegre e pagou R$ 307 pela passagem de ida e volta, exceto taxas de embarque. A média dos preços comprados por outros clientes nos últimos 90 dias para esse mesmo trecho foi de R$ 1.780 e a economia gerada para essa compradora foi de 83%”, revela Gustavo Mariotto, gerente de marketing da ViajaNet.
As companhias aéreas já disponibilizam um número limitado de assentos a preços promocionais, mas fazem boas promoções quando a projeção de ocupação das aeronaves, para voos nos próximos meses, está muito abaixo do esperado. Assim, é possível comprar passagens com preço realmente muito baixo. “Na verdade, o preço é igual para todas as agências. O que nós fizemos foi lançar um contador em nosso site para mostrar ao nosso cliente o valor real de sua economia”, explica Mariotto.
“Trata-se de uma boa oportunidade para muita gente comprar a passagem para a primeira viagem de avião, inclusive, é ao longo dessas promoções-relâmpago que o nosso Selo de Economia Garantida mais aparece no site”, complementa.
Para o executivo, o benefício tanto para as companhias aéreas quanto para as agências é o crescimento contínuo do volume de pessoas voando no país. “Nos próximos anos, o Brasil estará entre os quatro maiores mercados de voos domésticos do mundo, com razão de crescimento de quase 10%, seguindo os Estados Unidos, a China e a Índia”, completa.

Quatro dicas para comprar passagens mais baratas:
– Evite viajar em alta temporada, durante essas épocas, a procura por passagens aéreas aumenta muito e, consequentemente, o preço sobe
– Compre com antecedência mínima de 15 dias, pois os voos de última hora já estão lotados e fica difícil encontrar assentos disponíveis. Também as empresas compram muita passagem de última hora, o que eleva o preço também
– Fique atento as promoções-relâmpago das companhias aéreas. Essas são as melhores oportunidades para comprar passagens mais baratas
– Use ferramentas de comparação de preços para ajudar a encontrar as tarifas promocionais.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email