Tarifa de fertilizantes apresenta redução

Foi aprovada nesta última semana, na reunião da Camex (Câmara do Comércio Exterior), a redução da tarifa de importação de dois fertilizantes. Os itens adubos ou fertilizantes com nitrogênio, fósforo e potássio e fertilizante binário com nitrogênio nítrico mais fósforo entraram na TEC (Lista de Exceção à Tarifa Externa Comum do Mercosul), e as tarifas de importação desses produtos passaram de 6% e 4%, respectivamente, para zero.
A mudança havia sido proposta pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) dia 25 de julho na reunião do Comitê Executivo de Gecex (Gestão da Câmara de Comércio Exterior).
Em 2006, foram importados US$ 11,7 milhões de adubos com nitrogênio, fósforo e potássio e US$ 45 milhões em fertilizante binário com nitrogênio nítrico mais potássio.
A Camex aprovou ainda a redução da tarifa de importação de 8% para 0% no item peles e couros (wetblue, deslanada) de ovinos e caprinos.
“Apesar da aprovação, o Mapa pediu que fossem estudadas medidas de incentivo ao aumento da oferta interna e melhoramento da qualidade das peles, e a conseqüente volta das tarifas aos patamares anteriores em futuro próximo”, explicou o diretor de Assuntos Comerciais do Mapa, Benedito Rosa.
O óleo de palmiste industrial também entrou na Lista de Exceção, e foi aprovada a alteração de sua tarifa de importação de 10% para 2%. No total, houve alteração de 24 itens da Lista de Exceção.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email