Takashi Yamaguchi mostra a importância do terceiro setor

No próximo dia 31, sábado, às 9h, quem quiser saber o que é o terceiro setor, e porque sua importância está crescendo entre as empresas e a sociedade, poderá participar gratuitamente de uma master class dada pelo professor Takashi Yamaguchi no auditório do aeroporto internacional Eduardo Gomes.

“O objetivo da master class é nivelar informação e conhecimento sobre o terceiro setor e suas diversas aplicabilidades no Amazonas”, adiantou o professor.

Yamaguchi já assessorou mais de sete mil organizações e, nos últimos 45 anos, milhares de pessoas receberam suas orientações valiosas e exclusivas para estruturação de suas organizações, implantação e adequação de atividades socioambientais e tecnologia.

O evento de sábado será aberto a todos interessados, sem restrição profissional ou ideológica. É voltado, principalmente, para associações comerciais e entidades de classe, profissionais e técnicos, empresários em geral, gestores de entidades, alunos e professores de faculdades.

São várias as áreas que podem se beneficiar com o terceiro setor no Brasil, mas, de acordo com o professor, atualmente a que está tendo maior enfoque é a do desenvolvimento econômico e social.

“Mas toda e qualquer atividade comercial tem necessidade de compor com a participação do terceiro setor de alguma forma, independente das suas atividades e dos seus objetivos”, afirmou.

“Infelizmente, uma grande parte dos profissionais não está preparada para tantas informações e estratégias”, completou.

Cuidado com algumas ongs

Em termo de número de instituições, as regiões Norte e Nordeste ainda são pouco beneficiadas com ações do terceiro setor. Nestas duas regiões, a cada grupo de 400 famílias há uma organização atuando, enquanto no Sudeste existe uma organização para cada 600 habitantes, porém, quando se trata de atividades na Região Sul e Sudeste as instituições são bem mais ativas. No Brasil hoje existem mais de 680 mil instituições registradas, e atuantes, algo em torno de 280 mil.

“Uma empresa, por exemplo, que pode ser citada é a Fundação Bradesco, e também a Fundação Roberto Marinho. Internacionalmente podemos citar a Fundação Ford, nos Estados Unidos, e a Bosch, na Alemanha, empresas cujas mantenedoras são do terceiro setor”, revelou.

Takashi Yamagushi aproveitou para falar sobre o trabalho suspeito de muitas ONGs, na Amazônia. 

“Existe um grande número de organizações internacionais atuando no Brasil sem o devido registro ou controle dessas organizações por parte do governo do Brasil. Automaticamente não temos dados estatísticos coerentes, mas sabemos que muitas delas atuam de forma disfarçada ou usando artifício de movimentos religiosos apenas para angariar recursos, e muitos recursos”, alertou.

Quanto aos empresários que ainda não conseguiram entender a importância do terceiro setor para a sociedade e seu próprio negócio, o professor ensinou. 

“Enquanto não houver consciência empresarial do seu negócio com responsabilidade social, previsto na Constituição de 1988, Artigo 170, com obrigações básicas sendo desrespeitadas, como por exemplo, distribuição de resultados, que em geral não ocorre, essas empresas não conseguirão ter retorno com os benefícios que o terceiro setor poderia lhes proporcionar”, destacou.

“Se você está aberto a criar uma nova visão de futuro sobre sua atividade profissional e desenvolvimento pessoal, esse evento é para você”, concluiu.

O que é terceiro setor?

A expressão terceiro setor é resultado de uma divisão criada pelos Estados Unidos, em que o primeiro setor é constituído pelo Estado, o segundo setor pelos entes privados que buscam fins lucrativos, ou seja, o mercado, e o terceiro setor é formado pelas organizações privadas sem fins lucrativos prestadoras de serviços públicos (popularmente chamadas de ONG’s). Embora o termo terceiro setor seja o mais utilizado no Brasil, é importante ressaltar que essa divisão pode transmitir uma ideia equivocada, a de que o primeiro setor teria mais importância que o segundo, e o segundo mais do que o terceiro.

O terceiro setor é o conjunto de atividades voluntárias desenvolvidas em favor da sociedade, por organizações privadas não governamentais e sem o objetivo de lucro, independentemente dos demais setores (Estado e mercado) – embora com eles possa firmar parcerias e deles possa receber investimentos públicos e privados.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email