Sustentabilidade é desafio para café no país

Os maiores desafios tecnológicos para o agronegócio café, especialmente em momento de crise financeira mundial, são garantir sustentabilidade, reduzir custos e aumentar renda e eficiência na produção. A declaração é do gerente geral da Embrapa Café, Aymbiré Fonseca, que relatou a experiência do Consórcio Brasileiro de Pesquisa no 3º Fórum & Coffee Dinner, ontem, em São Paulo/SP.
Aymbiré Fonseca afirmou que a pesquisa está direcionada no sentido de desenvolver variedades para uso da maioria dos produtores com menor emprego de insumos e maior aproveitamento racional da água.
O consórcio existe há 11 anos e reúne 45 instituições de pesquisas nas principais regiões cafeicultoras do País. Segundo Aymbiré, por causa dos avanços da pesquisa, o café consegue conviver com pragas, como a ferrugem capaz de destruir uma lavoura inteira, além de preparar o produtor para o enfrentamento das mudanças climáticas.
O gerente geral da Embrapa Café ainda disse que a pesquisa busca a renovação das lavouras, que significa o uso de novas espécies mais adequadas a cada ambiente e mais ajustadas aos sistemas produtivos.
O Brasil tem 370 mil propriedades de café em 2.000 municípios de 18 Estados. O país é o principal exportador de café de 60% dos 170 países importadores do produto.
O 3º Fórum & Coffee Dinner vai abordar, além da tecnologia na produção cefeeira, a produção e consumo do produto no mundo.
O evento foi organizado pelo Cecafé (Conselho de Exportadores de Café do Brasil).
No segundo momento do Fórum, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes, lançou ontem à noite a segunda edição da campanha Café é Saúde, na sala São Paulo, da Estação da Luz. A campanha vai divulgar os benefícios do café para a saúde e sua importância para a economia do Brasil, no período de 29 de maio a 22 de junho.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email