Superior Tribunal de Justiça elege novo presidente nesta terça-feira

O Pleno do STJ (Superior Tribunal de Justiça) reúne-se nesta terça-feira, 5, para escolha do novo presidente e eventuais cargos em vacância. A sessão acontece às 18h e deve contar com a presença de todos os ministros da Casa. Em 21 de julho, o ministro Humberto Gomes de Barros deixou a presidência do STJ, em decorrência da aposentadoria compulsória, por ter completado 70 anos.
Desde então, as funções estão sendo exercidas pelo presidente em exercício, Cesar Asfor Rocha. O ministro também ocupa o cargo de corregedor Nacional de Justiça no CNJ (Conselho Nacional de Justiça). O mandato de presidente e vice-presidente é de dois anos.
Outra mudança no STJ é a indicação pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, do nome do desembargador federal Benedito Gonçalves para compor o tribunal na vaga aberta com a aposentadoria do ministro José Delgado, destinada a membros de tribunais regionais federais.
Com a indicação da presidência da República, agora o desembargador federal aguarda a marcação da data de sua sabatina no Senado Federal. Para ser nomeado ministro do STJ, o indicado deve ser aprovado em sabatina na CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania) do Senado Federal e, posteriormente, no Plenário daquela Casa.
Carioca, Benedito Gonçalves é formado em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com especialização em Direito Processual Civil e mestrado pela Universidade Estácio de Sá. Juiz de carreira, Benedito Gonçalves chegou à magistratura em 1988, alcançando o cargo de juiz do Tribunal Regional Federal da 2ª Região por merecimento, em dezembro de 1998.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email