Diante da inversão de valores que ocorre há décadas neste Brasil; perceber a verdade dos fatos hoje é um exercício mental onde o povo brasileiro se tornara alienado devido sua inteligência ter sido corrompida pela leviandade de políticos socialistas que há décadas assim agem. Esta fora sem dúvida a mais grave das atitudes já que ferira a dignidade de seres humanos indefesos. Torná-los incapacitados em decorrência de terem sido afastados do ensino elementar é corromper sua inteligência; na verdade um ato criminoso. Fora talvez este um dos piores atos perpetrados pelo lulopetismo ao longo de seus quase 16 anos no poder. Olhar para o semblante destes infelizes chefes de família enganados pelas promessas falsas de certos hipócritas dói muito em nossa alma. Quantos filhos a Nação perdera? Quantas crianças não sabem o que é um sorriso? Muito menos um abraço!!! Perderam uma parte da vida que não volta nunca mais.

O povo está cansado de políticos sórdidos que se beneficiam de sua própria torpeza; bem como daqueles que se afastaram dos sólidos padrões da moralidade; e daqueles que hoje são incapazes de reconhecer a verdade fulcrada nos fatos públicos. E aqui se incluem os derrotados nas urnas que unidos estão a lutar na vã tentativa de destruir a Nação. São pobres de espírito que sem destino e sem amor a si mesmo realizam um trabalho onde a ética e a investigação dos fatos está contaminada pela maledicência. Não temos memória curta porque a busca de valores essenciais será sempre a meta dos que almejam o sucesso e o bem estar de todos.

Estamos indignados, mas nunca seremos alienados. A história já escrevera e jamais concordaremos com a falsidade e a vã tentativa de ataque à democracia e, principalmente, à liberdade de expressão. Lutamos hoje por um bem maior onde temos o dever de buscar o melhor para nosso povo que não pode ser esquecido; muito menos enganado.

As trevas onde se escondem os políticos sórdidos não existem mais. Temos uma nova geração que afastara seus exploradores e que tem um líder hoje chamado de “mito”. E com ele vai a Nação superando a pandemia e derrotando todo o pessimismo dos que se afundam na própria insignificância. Não falemos do lucro apresentado pela CEF; pelo crescimento do PIB; por atravessar nosso agro negócio o melhor momento de sua história; fruto de uma produtividade que crescera 386%, preservando 120 milhões de hectares; nem que a produção industrial crescera 6,5% no primeiro trimestre. Mas os insignificantes preferem falar que Bolsonaro não usara máscara no SHOW ocorrido no Rio de Janeiro onde compareceram mais de 500 mil pessoas. Os negativistas falam, ainda, da COVID, mas negam reconhecer que há queda de infectados em 22 estados e zero de crescimento, sendo o mês em curso o melhor mês dentro dos 9 últimos.

Em que mãos estamos? Com certeza nas mãos dos que produzem; nas mãos que restabeleceram o progresso em várias regiões; nas mãos de quem afastara a escravidão de seu povo; nas mãos de quem defende os princípios religiosos e da boa formação moral. Vamos crescer muito porque também somos o maior produtor de alimentos do mundo. O Brasil já é outro.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email