Suframa sob nova direção

O general reformado Algacir Polsin mostrou ontem, durante a solenidade de posse no cargo de superintendente da Zona Franca de Manaus, que sabe muito bem onde está pisando. Fez um discurso ponderado, em que enfatizou a importância dos incentivos fiscais, mas também apontou a necessidade de buscar outras alternativas econômicas. Na outra ponta, o secretário de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, que comandou o evento, abriu e fechou o discurso reproduzindo as falas do chefe, o ministro Paulo Guedes, que sempre criticou a política de incentivos fiscais praticada na ZFM. Coube ao governador Wilson Lima (PSC) colocar as coisas no devido ligar, ao lembrar que é graças ao modelo instalado na capital amazonense que a pressão sobre os recursos naturais é aliviada. O grande desafio do novo gestor da autarquia será conciliar estes interesses, sem prejudicar a economia da Amazônia Ocidental e do Amapá, área de abrangência do órgão que ele passa a dirigir.

PRAZO

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado Josué Neto (PRTB), deu o prazo de duas semanas para o Governo do Amazonas enviar uma nova proposta de Lei para destravar o monopólio do Gás no Estado e não perder o leilão de exploração da Agência Nacional de Petróleo que vai ocorrer no mês de agosto.

POSSE

O procurador de contas João Barroso de Souza foi empossado ontem no comando do Ministério Público de Contas junto ao Tribunal de Contas do Amazonas. Ele foi reconduzido pelo governador Wilson Lima (PSC) para comandar o MPC para o biênio 2020/2022.

BICUDOS

Não convidem para a mesma mesa o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB) e o empresário Luiz Alberto Nicolau. Depois de uma muito bem sucedida parceria no hospital de campanha do município, os dois tiveram um desentendimento forte e ontem o segundo chegou a gravar vídeo dizendo que o primeiro estava “sovinando” equipamentos para o Hospital Geral de Roraima.

VOLTA AO NORMAL

Com a redução do número diários de sepultamentos, a Prefeitura de Manaus começa a retirada de equipamentos pesados que auxiliavam na abertura de covas no cemitério Nossa Senhora Aparecida, bairro Tarumã, zona Oeste. O sistema de trincheira para fazer sepultamentos, que chega ao fim, foi adotado pela Secretaria Municipal de Limpeza Pública quando o aumento da demanda saiu de uma média de 30 enterros diários, chegando a mais de 100 por dia, muitos deles relacionados a vítimas fatais da Covid-19.

LEITOS LIBERADOS

O Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto liberou para atendimentos de rotina uma Unidade de Terapia Intensiva de 40 leitos, que era exclusiva para pacientes com o novo coronavírus (Covid 19).  O HPS chegou a ter 100% dos leitos exclusivos para a Covid-19 ocupados e hoje, reabre o andar para pacientes com outras necessidades de internação.

CASA DA MULHER

A ministra Damares Alves, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, anunciou o empenho, para o próximo mês, de R$ 10 milhões para a construção da Casa da Mulher Brasileira no Amazonas. Ela passou o dia na cidade ontem participando de vários eventos, inclusive a entrega de cestas básicas a comunidades indígenas de 32 municípios do Estado.

LOCADORAS

A partir de uma decisão do Supremo Tribunal Federal, as locadoras de veículos deverão pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores no Estado onde os veículos trafegam. O Amazonas arrecadou com o imposto, nos meses de janeiro a maio deste ano, R$ 150, 2 milhões. 

FINANCIAMENTO

A Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia, em parceria com o Instituto Amigos da Amazônia, lançou uma chamada de propostas para apoiar projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação voltados ao enfrentamento da Covid-19 na Amazônia. Será oferecido um financiamento de até US$ 5 mil para dois projetos selecionados.

FRASES

“Não pedi a suspensão da CPI da Saúde.” Felipe Souza (Patriota), deputado estadual, que entrou na Justiça querendo participar do colegiado

“É minha intenção preservar os interesses do modelo ZFM, particularmente, no que se refere aos seus incentivos, buscando sempre seu aperfeiçoamento”. Algacir Polsin, novo superintendente da Suframa

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email