Suframa lança Fiam 2008 na sede da Fiesp

A Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus) realiza nesta segunda-feira, às 18h30, o lançamento da quarta edição da Fiam (Feira Internacional da Amazônia) na sede da Fiesp (Federação das Indústrias de São Paulo), em SP. O foco é divulgar o evento, reconhecido como a maior vitrine de negócios da Amazônia.
A quarta edição da Fiam terá uma programação ampla e variada, exposição de produtos e serviços, encontros e rodadas de negócios e de turismo, salão de projetos voltados ao desenvolvimento sustentável, seminários, workshops, visitas técnicas, e lançamento de produtos.
Entre os visitantes destacam-se potenciais investidores, representantes de instituições ou órgãos governamentais, operadores de turismo, parceiros na área científica e tecnológica, operadores de logística, mídia especializada, entre outros.
Durante o evento, produtos e serviços voltados aos setores comercial e industrial, bem como projetos institucionais estarão expostos em 162 estandes, distribuídos em dois pavilhões de cinco mil metros quadrados cada, na área interna do Studio 5 – Centro de Convenções. Na área externa, uma tenda climatizada apresentará um amplo leque de produtos fabricados com matéria-prima originária da biodiversidade amazônica: artesanato, produtos alimentícios, fitoterápicos, biocosméticos, móveis com design regional, e muitos outros itens que serão comercializados no evento.
Além da exposição de produtos e serviços, a Fiam 2008 contará com uma programação paralela de seminários e outros eventos que contribuem para enriquecer o evento com discussões sobre temas estratégicos, tais como logística, biotecnologia, turismo, energia, micro e nanotecnologia, entre outros, com a participação de profissionais, estudantes e demais interessados em buscar alternativas para o desenvolvimento sustentável da região. Este ano também haverá uma exposição sobre os 100 anos de migração japonesa no Brasil e sua influência na ZFM.
A Fiam é promovida pelo MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), por intermédio Suframa, e consta no calendário oficial do governo brasileiro. Tem como objetivo promover o potencial econômico da região, incluindo produtos industrializados e regionais que utilizam matéria-prima da biodiversidade.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email