Suframa apresenta hoje prévia da Fiam 2009 a autoridades de Brasília

A Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus) promove hoje, em Brasília, novo evento de divulgação para a quinta edição da Fiam (Feira Internacional da Amazônia 2009), a maior vitrine de produtos amazônicos e de oportunidade de negócios da região

A Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus) promove hoje, em Brasília, novo evento de divulgação para a quinta edição da Fiam (Feira Internacional da Amazônia 2009), a maior vitrine de produtos amazônicos e de oportunidade de negócios da região. A solenidade está programada para as 20h, no Brasil 21 – Centro de Convenções, e contará com a presença da superintendente da autarquia, Flávia Grosso, do tiular do Mdic (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio), Miguel Jorge, e do secretário-executivo do ministério, Ivan Ramalho.
Durante o evento, a comunidade diplomática, parlamentares e empresários, assim como representantes de órgãos governamentais e de outras autoridades, terão a oportunidade de conhecer as atividades previstas para a Fiam 2009, que ocorrerá entre 25 e 28 de novembro, no Studio 5 – Centro de Convenções, em Manaus. Os convidados também irão assistir ao espetáculo “Amazônia Terra da Magia”, organizado pelos bumbás Caprichoso e Garantido, de Parintins.

Programação variada

A feira apresenta programação ampla e variada nesta edição, incluindo exposição de produtos e serviços, encontros e rodadas de negócios e de turismo, salão de negócios e empreendedorismo inovador, seminários, workshops, visitas técnicas, e lançamentos de produtos. Mais de 300 expositores, entre indústrias, fundações, produtos regionais, turismo, consultoria, logística e instituições de pesquisa e ensino, assim como federações das indústrias dos nove estados da Amazônia brasileira, serão distribuídos em 190 estandes.
A Feira Internacional da Amazônia é uma promoção do Mdic, por intermédio da Suframa, e consta no calendário oficial de feiras e eventos do governo brasileiro. Tem como objetivo promover o potencial econômico da região, incluindo produtos industrializados e regionais que utilizam matéria-prima da biodiversidade amazônica, bem como os atrativos turísticos, visando ao desenvolvimento sustentável local, além de estimular o intercâmbio científico e tecnológico. Na semana passada, a feira foi divulgada na sede da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email