Studio Let’s Pilates aposta no ensinamento à distância

De portas fechadas, academias e studios esportivos precisaram se reinventar para diminuir os impactos da pandemia sobre os negócios. Com o suporte da tecnologia, os profissionais têm driblado a crise e encontrado novas formas para atuar. 

O Studio Let’s Pilates, de São Paulo, por exemplo, migrou as aulas para o formato online desde o início da quarentena, mas há um mês reconheceu nas consultorias online mais uma possibilidade para aumentar a receita. 

“As pessoas nos procuravam com necessidades específicas, então, para ajudá-las, pensamos nas consultorias como um novo produto. Finalizamos nossa primeira turma de espacate recentemente e foi um sucesso, tivemos uma excelente adesão”, diz Letícia Marchetto, educadora física e proprietária do studio. 

De acordo com a educadora, as consultorias acontecem em grupos e seguem um formato curto, podendo levar de 5 até 29 dias, como é o caso do programa de espacate. Nos primeiros dias, os alunos são avaliados, recebem uma classificação com base em 5 níveis de espacate e já iniciam as aulas ao vivo com os instrutores. Nos demais dias, recebem treinos diários e uma avaliação final  todo processo via aplicativo.

Apps e Softwares 

“A tecnologia tem favorecido bastante o nosso trabalho e acredito que o grande diferencial desse recurso é uma gestão mais organizada. Com o aplicativo, as alunas conseguem agendar e cancelar as aulas sozinhas, ao mesmo tempo que conseguem acessar a sala de videoconferência. Elas têm todo o programa na palma da mão”, garante a instrutora.

Letícia e equipe utilizam um software de gestão para academias e studios fitness. Segundo a profissional, além do acesso ao calendário de treinos e material de apoio, o aplicativo proporciona um canal aberto entre alunas e instrutores e ainda suporta um programa de pontos, criado pelo estúdio como mais uma forma de fidelizar os clientes. 

Já em relação às videoaulas, Letícia explica que são todas realizadas por um software de reuniões virtuais, o qual permite que os instrutores visualizem o movimento dos alunos e apliquem as devidas correções. “Diferente de um treino gravado, o aluno tem um feedback em tempo real, porque às vezes ele acha que compreendeu algum movimento, quando está fazendo em um ângulo diferente”, diz. 

Uma aposta que deu certo

Segundo a educadora física, esse formato de consultoria tem dado tão certo que as alunas de espacate, por exemplo, apresentaram resultados já nos primeiros 7 dias e tiveram progressos em outras posições de alongamento. “Nós utilizamos uma combinação de técnicas que faz com que elas ganhem muito mais do que flexibilidade, elas adquirem mobilidade”, conclui. 

Mas, além do espacate, o studio tem planos para abrir novas turmas de consultoria, como de acrobacias e de pilates. Esse último será voltado para mulheres que sofrem de dores nas costas, uma queixa muito relacionada ao local de trabalho. Desse modo, além de observar o ambiente em que o aluno está e encontrar possíveis causas, a equipe vai  direcionar sequência curtas e seguras para os alunos executarem durante a rotina.

A próximas consultorias serão anunciadas em breve e, para mais informações, entre em contato pelo telefone (11) 98157-1386 ou envio um email para [email protected]

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email