1 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Conselho de Administração da Suframa analisa hoje pauta menor do que a realizada em fevereiro deste ano

O Conselho de Administração da Suframa avalia, nesta quinta (28), uma pauta com 34 projetos industriais e de serviços, que somam R$ 610 milhões em investimentos totais no Polo Industrial de Manaus. As propostas avaliadas na 303ª Reunião Ordinária do CAS são de implantação (13) e também de atualização, diversificação ou ampliação (221), e preveem geração de 1.048 novos postos de trabalho na área de atuação da Superintendência da Zona Franca de Manaus, ao longo dos próximos três anos.

Realizada em meio à crise do IPI e o contencioso contra o governo de São Paulo em torno dos créditos de ICMS, a segunda reunião do CAS no ano vem com uma quantidade pouco superior à do encontro anterior (31). Mas, a quantidade de investimentos e empregos previstos ficou bem mais acanhada, quando comparada ao registro de fevereiro (R$ 1,80 bilhão e 1.409 vagas) –realizada no mês de aniversário de 55 anos da ZFM, e um dia antes da publicação do decreto inicial que reduziu a alíquota do Imposto sobre Produtos industrializados em todo o país.

Caso a íntegra da pauta ganhe o aval dos conselheiros, a Suframa terá dado sinal verde a uma cifra próxima a R$ 2,41 bilhões em investimentos no acumulado deste ano, alocados em 65 projetos, com estimativa de abertura de 2.457 novos empregos. Os números ficaram abaixo do balanço das duas reuniões realizadas nos quatro meses iniciais de 2021. No período o Conselho de Administração da Suframa havia referendado 59 projetos, totalizando aproximadamente R$ 2,75 bilhões em aportes de capital e abertura de 2.650 vagas no mercado de trabalho da capital amazonense.

Informática e motocicletas

Como de costume, a pauta é extensa e diversa, incluindo linhas de produção de artigos de matéria plástica, componentes eletrônicos e de informática, resíduos processados e materiais diversos, produtos químicos, peças de metal, aparelhos e equipamentos eletrônicos, monitores de vídeo com tela de cristal líquido, motocicletas, motonetas e triciclos elétricos, fitas adesivas e embalagens, entre outros itens.

Entre os destaques de implantação apontados no texto distribuído pela assessoria de imprensa da Suframa está a proposição da empresa Flextronics da Amazônia Ltda, visando à fabricação de placa de circuito impresso montada, de uso em informática. A iniciativa tem investimentos previstos de R$ 231 milhões, com geração de 366 postos de trabalho. Sem revelar o nome da empresa, a autarquia aponta ainda um projeto agroindustrial a ser implantado no DAS (Distrito Agropecuário da Suframa) para produção de farinha de mandioca, com investimento previsto de aproximadamente R$ 1 milhão.

No caso dos projetos de ampliação, diversificação ou atualização, merecem maior ênfase, segundo a Suframa, as proposições das empresas Evadin Indústrias Amazônia Sociedade Anônima, para produção de terminal e captura de dados (transações comerciais), com expectativa de investimentos da ordem de R$ 86 milhões, e Brudden da Amazõnia Ltda, visando à produção de motocicletas elétricas, com investimentos previstos de R$ 4,6 milhões.

“Momento de instabilidade”

As lideranças do PIM consultadas pela reportagem do Jornal do Commercio são unânimes em apontar que a nova rodada do CAS aponta novo adensamento das cadeias produtivas do PIM e é um elemento positivo, ressaltando o prestígio do modelo Zona Franca de Manaus. Mas, lembram também que a nova conjuntura de ataques pelos quais passa a ZFM tornam a concretização dos projetos mais incerta.

O presidente da Fieam (Federação das Indústrias do Estado do Amazonas), Antonio Silva, salientou à reportagem do Jornal do Commercio que a presente pauta do Conselho de Administração da Suframa é “altamente diversificada”. O dirigente também destaca, entre as proposições listadas para o encontro de hoje, os projetos da Flextronics, Evadin e Brudden.

“O projeto da Brudden, para fabricação de motocicletas elétricas, consolida o subsetor de Duas Rodas como um dos principais do nosso Polo Industrial de Manaus. Em um momento de instabilidade, é importante que tenhamos um indicador favorável. A depender das medidas subsequentes relacionadas à redução do IPI, teremos uma tendência de inflexão positiva ou negativa para o Polo Industrial de Manaus”, ponderou.

Em entrevistas anteriores à reportagem do Jornal do Commercio, o presidente do Cieam (Centro da Indústria do Estado do Amazonas), Wilson Périco, lembrou que todos os projetos a serem apreciados nas reuniões do CAS e do Codam (Conselho de Desenvolvimento do Amazonas) ocorridas neste mês já foram apresentados antes da publicação do decreto federal (11.047/2022) que reduziu a alíquota do IPI sobre manufaturados nacionais e importados. Para o dirigente, ambas as pautas revelam uma imagem congelada da ZFM em um momento ainda favorável, mas o panorama pode mudar nos próximos meses.  

“Independentemente de termos ou não a aprovação desses projetos, a efetivação do investimento também vai passar por novas análises nessas empresas, dentro dessa nova realidade. O fato de termos concentração de projetos industriais demonstra a pujança do Polo Industrial de Manaus antes dessa medida. Vamos ter a oportunidade de acompanhar isso nas próximas reuniões, e confirmar se esse decreto afeta a competividade das empresas instaladas por aqui. Vamos acompanhar”, encerrou.

A 303ª Reunião Ordinária do CAS está marcada para ocorrer às 10h de hoje (horário de Brasília), por meio de videoconferência. O evento presidida pela secretária especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Daniella Marques Consentino, e contará com a participação do superintendente da Suframa, Algacir Polsin, e de demais conselheiros representantes de órgãos ministeriais, governos estaduais e municipais e entidades de classe, entre outros.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email