Sites são opções para desempregados

Os sites de cadastro de currículo são hoje um aliado para quem busca entrar no mercado de trabalho. Muitas empresas vêm utilizando a internet para entrevistar candidatos, um fator que antes não poderíamos nem imaginar. Até poucos anos atrás, o ritual do desempregado era levantar às seis da manhã, comprar um jornal e andar o dia todo em busca de uma oportunidade.
Como no caso da estudante universitária Tatiana Moraes, 22, que conseguiu o primeiro emprego através da web. “Fiquei um bom tempo atrás de vagas na minha área, foi um pouco demorado porque não tenho experiência, mas valeu a pena”, disse.
Para Michel Rodrigues, 25, não foi diferente. “Tem que ter paciência mesmo, preencher cadastro em vários sites, depois ficar sempre visitando e atento às novidades, de vez em quando o pessoal posta alguma oportunidade nas comunidades de relacionamento como o Orkut e o Twitter. Só no meu e-mail eu recebo pelo menos umas 200 vagas por dia, a maioria nem é da minha área, aí sempre que eu estou sabendo de alguém desempregado dou algumas dicas”, contou.
Segundo Luis Testa, o gerente de marketing do Vagas.com.br, o site gratuito conta com 4 milhões de currículos cadastrados nos bancos de seus clientes, sendo 40 mil somente do Amazonas. “Através do software Vagas e-partner, mais de 1.300 empresas de todos os portes e segmentos fazem sua seleção de candidatos através de seu próprio site, no link Fale Conosco. Lá, o candidato faz o seu cadastro e a empresa pode entrar em contato diretamente com ele”, explicou. Embratel, Honda, Phillips são algumas das empresas que trabalham com essa tecnologia de seleção.
No site, a maior parte do cadastro de candidatos é da área de administração de empresas, com 9.156, seguida da produção/fabricação com 4.533 e atendimento ao cliente, com 4.404.
Outro do segmento, o Catho Online, você só pode enviar seu currículo para as vagas se for cadastrado e o preço gira em torno de R$ 40 mensais. O site conta hoje com mais de 3.400 vagas no Amazonas, a maioria é de oportunidades para a área administrativa e comercial/vendas. Cerca de 1.200 currículos são cadastrados por amazonenses.
Em nota, eles informaram que “Mais de 70% dos profissionais em busca de uma recolocação possuem currículo cadastrado na internet, dessa forma, para não perder oportunidades, é indicado que os profissionais utilizem esse recurso. Enviando o currículo pela web, o profissional irá economizar com transporte, impressão de currículo, estacionamento, entre outros, além de conseguir atingir um número muito maior de empresas em um curto espaço de tempo”.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email