Pesquisar
Close this search box.

Sistema Encontro das Águas conecta Manaus e o Amazonas ao Brasil 

  

Crédito: Divulgação

@jcommercio

Manaus, capital do maior estado brasileiro, destaca-se pela grandeza de sua geografia e como centro estratégico para o equilíbrio ecológico do planeta. A cidade é o maior centro financeiro, corporativo e comercial da região Norte do Brasil. Habitando no coração da maior floresta tropical do mundo, tem uma população estimada em 2.255.903 habitantes (IBGE/2021), sendo a cidade mais populosa do Amazonas, da região Norte, de toda a Amazônia Brasileira. Recebe o status de Metrópole Regional e de cidade mais influente da Amazônia Ocidental, gerando impactos positivos sobre o comércio, indústria, educação, cultura, pesquisas, tecnologia e mídia. Neste setor, cresce com a cidade a expansão do Sistema de Comunicação Rádio e TV Encontro das Águas.

Abrindo portas e caminhos para manter viva parte da história de Manaus e do povo amazonense, o Sistema de Rádio e TV Públicas passou a projetar o nosso Estado para o País, via TV Brasil, por meio da parceria com a EBC. Os amazonenses passaram a ser vistos e ouvidos por milhares de brasileiros a partir do olhar de dentro.  Uma série de conquistas consolidou todo o trabalho feito pela atual gestão, levando pela primeira vez os sinais de rádio e TV públicas para o interior do Estado. Com recursos e tecnologia do Governo do Estado, o Sistema já instalou 20 retransmissoras em municípios do Amazonas, além da capital que expande o sinal para mais duas cidade da Região Metropolitana, encerrando a primeira fase do Projeto de Interiorização chegando em 23 municípios interligados através da programação da Emissora e que contarão com o canal principal 2.1 da TV Encontro das águas, e os canais 2.2, 2.3 e 2.4 do projeto Aula em Casa, além do sinal da Rádio, alcançando cerca de três milhões de amazonenses.  

 “A implantação da rede de comunicação pública é um política de Estado, não só para a educação, mas para a saúde, a política e a economia. Para a segunda fase do projeto de interiorização, previsto para ser concluído em 2023, nossos sinais de Rádio e TV estarão presentes nos 62 municípios do Amazonas, incluindo e conectando mais de quatro milhões de amazonenses”, afirma o diretor de tecnologia e presidente, em exercício, do Sistema de comunicação Encontro das Águas, engenheiro Henrique Camargo.

 “A capital do Amazonas cresceu, evoluiu, e com ela, o Sistema de Comunicação Encontro das Águas. Nossa emissora leva, pela primeira vez, a TV e rádio públicas para o interior do Amazonas. Já estamos em 22 municípios além da capital, e vamos chegar aos demais com toda programação de qualidade e diversificada que sempre fizemos. Dentre eles o programa “Carrossel da Saudade”, carro-chefe da nossa programação voltada para o entretenimento. O Carrossel retornou recentemente e vai continuar para alegria de todos nós”, completa o presidente do Sistema, jornalista Oswaldo Lopes.

Carrossel da Saudade

O programa mais longevo da televisão brasileira comemora este ano 43 anos de história e retornou à grade da emissora após dois anos de pausa, por conta da pandemia. Ele vai ao ar, sempre ao vivo,  às sextas-feiras, às 20h30 da noite, neste período eleitoral, para Manaus e municípios do interior. “O Carrossel da Saudade hoje é Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Amazonas e para gente ter esse momento ao vivo, em que as pessoas possam finalmente confraternizar, ter de volta essa conexão, foi feito todo um novo cenário e estrutura no pátio do Sistema Encontro das Águas. São mais de 40 anos de história, um dos programas mais longevos, queridos e assistidos da nossa Televisão”, afirma a diretora de produção e programação da emissora, Elis Marinheiro. 

Multiprogramação e jornalismo

A decisão da atual gestão de associar a TV Encontro das Águas à TV Brasil construiu uma ponte para o futuro. Dentre as vantagens apresentadas pela associação, uma foi determinante para a decisão: a possibilidade da implantação da multiprogramação, uma exclusividade de emissora federal, estendida às associadas. 

“A decisão de nos associar em 2020 à TV Brasil, com todas as vantagens previstas, mostrou-se acertada. Graças à multiprogramação, junto com a Secretaria de Estado de Educação e Qualidade de Ensino (SEDUC), implantamos o projeto Aula em Casa e, durante a pandemia, mais de 200 mil alunos conseguiram estudar e ter acesso aos conteúdos do 5º ao 8º anos do Ensino Fundamental e do 1º ao 3º anos do Ensino Médio. O sucesso do Aula em Casa em Manaus revelou um novo modelo de política pública e foi modelo para outros estados no período mais restrito da pandemia. Via satélite, o Sistema de Comunicação pública aproxima o Estado e a sociedade, levando educação, informação, saúde e qualificação técnica para o interior”, afirma o presidente Oswaldo Lopes.

No dia-a-dia dos amazonenses, a TV e a rádio Encontro das Águas estão presentes, levando informação de qualidade, entretenimento e serviços, além de projetarem Manaus e o Amazonas para o Brasil, por meio das matérias geradas para a EBC. “Diariamente geramos reportagens para a Rede Nacional que são exibidas e mostram nossa cultura e nossa gente para todo o país. Só no ano passado foram mais de 140 matérias geradas e esse ano esse número já foi ultrapassado. Assim, o nosso olhar e as peculiaridades da nossa Região são mostrados e se fazem presentes nos lares brasileiros”, afirma a Gerente de Jornalismo da emissora, Lúcia Cordeiro.

 

Na atual gestão, o Sistema de Comunicação expandiu suas atividades para o interior do Estado

Mais cultura, informação e entretenimento

Música, informação, diversão e interatividade. Voltado ao público infanto-juvenil, reestreou em agosto, na programação da TV Encontro das Águas o programa “FALA Aí Amazonas”. Com a apresentação da finalista do The Voice Kids, a amazonense Izabelle Ribeiro, a atração totalmente reformulada busca levar entretenimento para o público jovem, com a participação de escolas e bandas de música ao vivo. Outro programa que também estreou em setembro na grade foi “Poesia de Corpo Inteiro”, que traz todo mês, aos sábados, uma roda de conversa com artistas amazônidas sobre arte, vida e literatura. A proposta do programa, idealizado e conduzido pela escritora e jornalista cultural amazonense Maria Lucy Rodrigues, é mostrar e valorizar a diversidade da produção artística cultural da Região. 

Além dos programas já consolidados na grade de programação como o Sem Censura Amazonas, Agro Amazonas, Carrossel da Saudade, Encontro Esportivo, Papo Imobiliário, Vida Leve, entre outras produções locais, novas parcerias, principalmente com a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, amplia a grade e possibilita a transmissão ao vivo de shows, concertos, festivais e eventos importantes da programação artística e cultural da capital amazonense. 

Redação

Jornal mais tradicional do Estado do Amazonas, em atividade desde 1904 de forma contínua.
Compartilhe:​

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Notícias Recentes

Pesquisar