O ‘Abril Laranja’ foi instituído para reforçar a prevenção e o combate aos maus-tratos em animais e, hoje, vou me dar ao luxo de não falar da Odontologia, pois acredito que esse último artigo do mês de abril merece uma consideração muito especial sobre este tema. Tenho certeza, aliás, que esse assunto que vou abordar é digno de minha consideração. Quero falar sobre o nosso Amigão: o Cão.

Tenho um apreço e afeto pelos cachorros. Tenho alguns em casa que foram abandonados, largados a própria sorte, aos maus-tratos, mas que foram resgatados por mim tendo suas vidas transformadas para melhor. Esse ser que dá sentido as nossas vidas, que está sempre te esperando quando você retorna ao seu lar, que fica ao seu lado em qualquer hora e em qualquer situação, que te dá carinho, bons momentos, alegria, lambeijos e sua lealdade. Quem tem um cachorro sabe que isso é a mais pura verdade e que muitos mais elogios eu poderia tecer a esse maravilhoso presente de Deus.

Quero aproveitar este espaço, tão importante que tenho no Jornal do Commercio, para falar em defesa desses seres inofensivos e que em inúmeras situações são relegados a terceiro plano, são descartados como um objeto sem serventia, sofrem injúrias físicas e ou são cruelmente assassinados sem piedade.

Infelizmente, algumas pessoas não têm ainda a capacidade de perceber o amor incondicional que um cão possuí para com a sua família, por outro lado há também pessoas de coração bondoso que resgatam, cuidam, acolhem, são solidários e tem uma sincera compaixão a causa animal em retribuição a vida dada por Deus. 

Neste mês de combate aos maus-tratos em animais fico extremamente feliz quando vejo postagens nas mídias socias alertando sobre não judiar, não abandonar, não descartar os animais. Fico alegre quando publicam os pedidos de ajuda, seja através de doações de alimentos e outros produtos ou contribuições financeiras para custear gastos com tratamentos e medicamentos. Os vídeos de histórias de resgates, de superação, depoimentos de pessoas que resgatam, site de ONGs, clinicas veterinárias que colaboram como podem também alegram a nossos corações. Vendo os veterinários que atendem na camaradagem e aos voluntários que ajudam como podem ao animal necessitado, nos faz ter esperança na humanidade.

Gostaria de alertar que maus-tratos em animais é CRIME e se cada um fizesse a sua mínima parte, só de não maltratar um cão, um gato ou qualquer outro bichinho inocente já estaríamos no lucro. Tenho certeza que não haveria tanto sofrimento animal neste mundo. Não precisa adotar, você pode contribuir ajudando financeiramente uma ONG, doando seu tempo, indo a um abrigo e brincando com os animais resgatados. Esse gesto deixará o seu dia mais alegre e o dos bichinhos também.

Acredite, o Cão tem dom de alegrar a vida.  Reflita nisso, amar os animais é o que nos torna cada vez mais humanos e próximos de Deus. Fica a dica meus amigos, Feliz Dia!

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email