Setor supermercadista registra alta de 16,93% no mês de abril

A crise econômica ainda não afeta o consumo do brasileiro. As vendas dos supermercados subiram 16,93% em abril, ante o mesmo mês de 2008, de acordo com o Índice Nacional de Vendas divulgado pela Abras (Associação Brasileira de Supermercados).
Em comparação a março de 2009, houve alta de 6,69%. No acumulado do primeiro quadrimestre do ano, a alta é de 5,7% -todos os índices já consideram a inflação do período.
Em valores nominais, o Índice de Vendas da Abras apresentou crescimento de 23,41% em relação ao mesmo mês de 2008 e alta de 7,20% sobre março deste ano. Já o acumulado do ano até abril, ficou em 11,75%.
“Esse bom resultado mostra a retomada de um faturamento em um patamar mais alto, com o acumulado no ano fechando acima de 5%. Mesmo crescendo em ritmo inferior ao do ano passado, quando o acumulado estava acima de 7,5%, trata-se de um ótimo desempenho, levando-se em conta o cenário econômico mundial’’, diz o presidente da Abras, Sussumu Honda.
Em termos de volume, as vendas do setor supermercadista brasileiro cresceu 0,7% no primeiro quadrimestre do ano, em comparação ao mesmo período de 2008 -quando as vendas em volume aumentaram 0,3%.
A cesta de bebidas não alcoólicas (3,8%), limpeza (1,3%) e perecíveis (2%) foram as que venderam mais. As cestas básicas que registraram queda foram: higiene, saúde e beleza (-2,9%), mercearia doce (-0,7%) e mercearia salgada (-1,9%).

AbrasMercado apresenta aalta

No mês de abril, a cesta AbrasMercado, que inclui 35 produtos de largo consumo pela população, analisada pela GfK (indicator missão valores unidades de negócios), apresentou um crescmento de 0,40% em relação ao mês anterior.
Já na comparação com o mês de abril de 2008, o AbrasMercado apresentou aumento de 8,60%, passando de R$ 238,29 para R$ 258,78.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email