Setor prevê alta de 2% em 2014

A oferta de unidades habitacionais em Manaus deverá apresentar um aumento de 2% em relação ao ano passado. É o que prevê o Sinduscon/AM (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas). De acordo com o presidente Eduardo Lopes, em 2013 foram ofertadas 17 mil unidades.
“Temos algum estoque de apartamentos que não foram vendidos (no ano passado) que estão nesta oferta. Algumas pessoas que não conseguem o crédito imobiliário e o imóvel acaba voltando. Esses imóveis estão dentro das 17 mil (unidades) com aumento previsto para 2014 de 2%”, destacou.
O número demonstra uma estabilidade do mercado que já vem sendo verificada desde 2012, após cinco anos de crescimento acelerado. Ele explica que o crescimento registrado de 2007 a 2011 foi tamanho que, mesmo dando sinais de estabilização, o mercado continua aquecido. O presidente do Sinduscon avalia que o desempenho só não será melhor este ano devido a fatores políticos e econômicos.
“Estamos vivendo um ano eleitoral, o que não é uma coisa fácil. Temos uma crise que ainda persiste. Precisamos de ajustes, o governo precisa controlar a inflação, entre outros ajustes. Tudo isso tem deixado os empreendedores apreensivos e esperando o melhor momento para continuar lançando seus produtos”.
Na opinião de Eduardo Lopes, um dos reflexos do bom momento que a construção civil vive em Manaus pode ser verificado na geração de empregos no setor, que mais que dobrou em quatro anos. “Em dezembro de 2009 tínhamos 43 mil trabalhadores formais na construção civil. No fim de 2013, já tínhamos 90 mil. Então nós mais que dobramos o número de trabalhadores, sem contar os terceirizados e informais”, comemorou.
Ainda segundo Lopes, nos últimos anos, em função do programa Minha Casa Minha Vida do governo federal, as vendas de apartamentos acontecem principalmente para a classe C.
“Esses apartamentos têm sido os grandes puxadores de vendas do mercado imobiliário. Acreditamos que pelas condições oferecidas pelo governo e pelos bancos esse produto vai continuar sendo o mais vendido nos próximos anos”, avalia.

Feirão
Após comentar a boa expectativa do setor para 2014, Eduardo Lopes citou a realização do 10º Feirão Caixa da Casa Própria do Amazonas, que acontece em Manaus nos dias 16, 17 e 18 de maio, como uma forma de alavancar os números. Segundo ele, o Feirão da Caixa é uma oportunidade que aparece de aumentar significativamente as vendas, em função de toda a estrutura de crédito e de tudo o que a Caixa oferece, e, consequentemente, impulsionar a geração de novos postos de trabalho.
“Essa parceria entre a Caixa e o Sinduscon, que reúne todas as empresas do setor imobiliário, conseguiu nos anos anteriores um aumento significativo. Esses eventos aumentam as vendas das construtoras. Consequentemente, temos mais necessidades de empregos”, disse.
Segundo o gerente regional de negócios da construção civil da Caixa, Wellington Lopes, durante o 10º Feirão da Caixa serão ofertados mais de 4.300 imóveis (incluindo unidades do Programa Minha Casa Minha Vida) na planta, prontos ou usados, com a participação de 13 construtoras e quatro imobiliárias. Ele explica que o diferencial dos produtos ofertados no feirão é a possibilidade de o comprador pagar a primeira prestação somente em janeiro de 2015.
“Se o cliente assinar contrato até o dia 31 de julho de 2014, ele só vai pagar a primeira prestação em janeiro de 2015. Ou seja, ele tem a vantagem de assinar o contrato e já separar as despesas para pagar o cartório, pagar o ITBI e demais custos que existem em um financiamento imobiliário”, explicou Wellington.
Os valores variam entre R$ 119 mil e R$ 1 milhão, com taxas de juros que vão de 4,5% a 8,9%. Em 2013, foram fechado 2.111 negócios que somaram mais de R$ 380 milhões. A expectativa para este ano é crescer de 10% a 20% em relação ao ano passado – seguindo o crescimento verificado no Feirão de São Paulo.
O 10º Feirão Caixa da Casa Própria do Amazonas acontece de 16 a 18 de maio, no Auditório Canaã, na avenida General Rodrigo Otávio, em frente à UFAM.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email