Setor planeja investir US$ 15 bilhões em 3 anos

A indústria automobilística e de autopeças tem planejado US$ 15 bilhões em investimentos no próximos três anos, segundo o ministro do Desenvolvimento, Miguel Jorge. O montante será aplicado na modernização de fábricas, criação de modelos, além da ampliação e criação de novas plantas. O objetivo, diz Miguel Jorge, é ampliar a capacidade instalada dos atuais 3,5 milhões de veículos para 5 milhões até 2011.

“Algumas parcerias já foram anunciadas. Uma empresa anunciou US$ 600 milhões junto com o BNDES, US$ 300 milhões em recursos próprios e US$ 300 milhões em recursos do banco, sabendo que essa empresa fará outro anúncio de novos investimentos.”

No mês passado, o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) liberou financiamento de R$ 600,5 milhões para a Fiat de um total de investimento de R$ 1,2 bilhão e pode ser aquela a que o ministro se referiu.

De acordo com Miguel Jorge, diante do aquecimento do mercado interno praticamente todas as empresas do setor já contrataram jornadas extras aos sábados. “Algumas já contrataram para o ano que vem”. A Anfavea estima que a produção de automóveis atinja 2,940 milhões de unidades neste ano, o que segundo Jorge é uma expectativa “conservadora”. Ele afirma que a demanda interna foi fortemente impulsionada pela queda dos juros.
“Certamente o país deve se abrir mais nesses próximos anos e essa abertura tem que fazer com que você seja mais produtivo, mais eficiente”.

Jorge disse não ver riscos de se esbarrar no limite da capacidade instalada, o que poderia gerar elevação de preços. Segundo ele, as indústrias têm aproveitado o dólar barato para renovar suas máquinas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email