Setor de segurança vai abocanhar US$ 2.3 bi

A preocupação com a proteção de dados e informações aumentou consideravelmente nos últimos anos em todo o mundo. Na região do Ásia-Pacífico (formada por 14 países), este movimento não é diferente. Um estudo da Frost & Sullivan, empresa internacional de consultoria e inteligência de mercado, revelou que o mercado de soluções de segurança nesta região gerou uma receita de aproximadamente US$ 1.28 bilhão em 2006 e deve atingir US$ 2.38 bilhões em 2013. De acordo com a pesquisa, os países em que este setor deve crescer mais nos próximos anos são China, índia, Malásia e Vietnã.
“Nestes países houve um upgrade muito intenso nas redes de comunicações e a economia local continua a se expandir”, afirmou o analista de pesquisa da Frost & Sullivan, Arun Chandrasekaran. O mercado de soluções de segurança de rede deve crescer fortemente este ano com o aumento dos investimentos em desenvolvimento de infra-estrutura nas nações emergentes. Em 2006, este setor cresceu 8,4% e deve fechar 2007 com 16,6% de crescimento.

Os setores que mais compram estes produtos são o bancário, serviços financeiros e seguros, com participação de 23% na receita do mercado de soluções de segurança de rede no ano passado. Já o governo foi responsável por 19% e o segmento de prestação de serviços por 17%. Um aumento mais robusto na aquisição destas soluções foi notado em países como Singapura, Malásia e Indonésia, cuja adoção foi feita por empresas e prestadores de serviços.
“O contínuo fluxo de investimentos estrangeiros na Índia e na China também colaboraram para uma significante adoção de soluções de segurança”, revelou Chandrasekaran. “O investimento em atualização e na expansão de infra-estrutura são parte de um esforço para tornar estes países mais competitivos no cenário global”, completou.

Convergência digital

O analista disse ainda que a convergência tecnológica deve ser o carro-chefe na demanda por aplicações de soluções integradas quando os fornecedores de serviços buscarem produtos que possam ser adicionados às suas redes de infra-estrutura.
“Outro segmento em que esperamos aumento é o de SMB (pequenas e médias empresas). E a adoção de novas normas regulatórias também deve fazer crescer este mercado de maneira contínuas nos próximos anos”, finalizou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email