Setor de brinquedos espera alta de 12% na receita no Dia das Crianças

A indústria nacional de brinquedos espera uma receita de R$ 2,5 bilhões nas vendas em lojas para o Dia das Crianças, alta de 12% sobre as vendas para o mesmo período em 2011. Segundo o presidente da Abrinq (Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos), Synésio Batista da Costa, a retomada da competitividade da indústria nacional com a valorização do dólar, que desestimulou as importações, e o crescimento da demanda no mercado interno são os fatores principais que explicam o cenário otimista.
“Dessa alta prevista de 12%, o crescimento do mercado interno será responsável por 7 pontos porcentuais e 5 virão da retomada de share sobre os importados”, disse o executivo à Agência Estado. “É bom lembrar que das várias medidas do governo anunciadas recentemente, nenhuma ajudou o setor”. O Dia das Crianças é o principal período para o setor, com 35% das da receita estimada para o ano, de R$ 7,1 bilhões.
De acordo com o presidente da Abrinq, a valorização do dólar a partir do segundo trimestre deste ano animou o setor, mas gerou um gargalo nas companhias, com uma revisão para cima no volume dos pedidos feitos para as indústrias locais.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email