Sete vão disputar sobras de frequências

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) informou que sete empresas entregaram ontem propostas no processo de licitação de sobras de frequências do SMP (Serviço Móvel Pessoal). São elas: Vivo, TIM, Oi, Claro, Unicel, Optiom e Easytone Telecomunicações.
A Anatel está oferecendo 105 lotes em 28 áreas de prestação do serviço de telefonia celular em todo o território nacional. Essas faixas poderão ser usadas tanto para expandir a atual oferta das empresas que já atuam no segmento, como também para a entrada de novas operadoras. A maior interessada no leilão é a Vivo, que ainda não dispõe de cobertura em alguns Estados do Nordeste.
Na próxima terça-feira, a Anatel fará a abertura dos envelopes com as propostas. Segundo a agência, os preços mínimos das outorgas variam de R$ 9,3 mil a R$ 106,4 milhões.
Três empresas apresentaram ontem liminares para garantir sua participação no leilão. A TIM conseguiu liminar para apresentar carta de fiança bancária no lugar de seguro-garantia. A Claro obteve liminar para não ser excluída do leilão devido a processos administrativos que correm contra a companhia na Anatel. A Unicel conseguiu liminar para não depositar o seguro-garantia.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email