27 de junho de 2022
Os servidores da Justiça do Trabalho no Amazonas retomaram nesta sexta-feira, 15, a greve por tempo indeterminado pela revisão salarial da categoria

Os servidores da Justiça do Trabalho no Amazonas retomaram nesta sexta-feira, 15, a greve por tempo indeterminado pela revisão salarial da categoria. A paralisação foi reiniciada logo no começo do expediente e as manifestações se concentram em frente ao Fórum Trabalhista de Manaus, na Avenida Djalma Batista, zona Centro-Sul da cidade.
De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Servidores do Tribunal Regional do Trabalho no Amazonas e Roraima (Sitra-AM/RR), Alan Kardec Farias, pelo menos 200 servidores aderiram ao movimento na manhã desta sexta-feira, mas ele acredita que a partir da próxima segunda-feira, o quórum seja ainda maior. “Na semana que vem a greve, de fato, estará estabelecida e nós vamos ter maior adesão dos colegas”, disse.
Com a paralisação dos trabalhos, segundo Farias, a metade dos processos e audiências que seriam realizados pelos servidores deve ser adiada, mas a greve é necessária para que haja uma pressão ao governo quanto à aprovação do Projeto de Lei (PL) 6613/2009, que visa o reajuste salarial de 30% da categoria. “A esperança dessa luta e dessa vitória está em nós mesmos. Vamos permanecer em greve até que de fato o nosso PL seja aprovado. Segundo o governo, o projeto vai ser aprovado em janeiro de 2011, então, que a greve se arraste até lá”, afirmou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email