1 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Servidores do Idam devem ter plano de cargos e salários e reajuste

O plano vem preencher uma lacuna de 15 anos sem reajuste salarial para os 402 servidores do instituto, que pretendem ter seu quadro aumentado para 909 funcionários.

O Idam (Instituto de desenvolvimento agropecuário e florestal sustentável do Estado do Amazonas), vinculado à Sepror, terá seu plano de cargos e salários. O documento foi entregue pelo presidente do Idam, Edson Barcelos ao secretário de Estado da Produção Rural, deputado Eron Bezerra, no último dia 22. O plano vem preencher uma lacuna de 15 anos sem reajuste salarial para os 402 servidores do instituto, que pretendem ter seu quadro aumentado para 909 funcionários.
De acordo com o presidente do Idam, o plano deverá resolver a disparidade de funções e salários que existe atualmente na estrutura do órgão, principalmente com relação aos aposentados. “Atualmente, a aposentadoria não corresponde nem mesmo ao valor que o servidor recebe na ativa. Com a aprovação do plano, o mínimo que um funcionário do Idam irá receber será R$ 591 reais, no nível operacional ou fundamental. Mas essa mesma pessoa poderá se aposentar recebendo quase R$ 1700, algo impensável na situação atual”, afirma.
Barcelos também afirma que o grande diferencial do plano é a previsão de promoções tanto por antiguidade na função, quanto por especialização por meio de cursos superiores e pós-graduações. “A cada três anos, o servidor subirá de classe. Isso possibilitará que um servidor com nível superior possa se aposentar ganhando mais de R$ 7 mil”, explica o presidente.
Para o titular da Sepror, deputado Eron Bezerra, que aprovou a iniciativa do plano, isso nada mais é do que atender à sua filosofia de trabalho que é : dar a cada um aquilo que merece de acordo com seu esforço. “O aumento dos salários e a previsão das promoções por tempo de serviço e merecimento são necessidades reais de qualquer setor da administração pública, mas principalmente dos nossos heróicos servidores que lidam diretamente com o homem do campo e estão nos 62 municípios do Amazonas”, afirma o secretário.
“Eu irei pessoalmente apresentar o plano ao governador e mostrar, não só como os funcionários ficarão mais motivados a trabalhar, mas também como esses benefícios irão se refletir em resultados em termos de aumento na produção rural. Se com 400 funcionários, o Idam consegue atender a 50% dos produtores do Amazonas, a lógica é que dobrando esse número, o percentual de atendimento chegue a 100%. Essa certamente será uma vitória para o servidor e para o trabalhador rural”, conclui.
Após ser analisado pelo secretário da Sepror, o plano será entregue ao Governador do Estado.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email