No momento em que Manaus está consolidada entre os dez melhores destinos turísticos brasileiros segundo o TripAdvisor, maior site de viagens do mundo, deixa de atender ao público cadeirante que necessita de acessibilidade especial para visitar a capital dos trópicos. Para as pessoas com qualquer deficiência, seja permanente ou temporária e, idosos com dificuldade de locomoção, torna-se ainda mais essencial, a questão de mobilidade urbana.
Manaus oferece ao turista cadeirante apenas o serviço de transporte público coletivo, com os ônibus biarticulados adaptados para cadeira de rodas. Mas não há serviço de transporte particular especial para esse mercado, identificado com sucesso em outras capitais como Rio de Janeiro, São Paulo e Florianópolis. Já os hotéis da capital amazonense estão se adaptando as exigências da lei de acessibilidade para pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida.

Empresa pioneira
A Especial Coop Táxi RJ é a primeira cooperativa de táxi exclusiva para atender pessoas com qualquer deficiência ou dificuldade de locomoção, através do serviço de transporte personalizado para pessoas com mobilidade reduzida. A frota de 55 veículos da Fiat modelo Doblò Essence 1.8, são novos já adaptados e equipados com elevador hidráulico para transportar cadeira de rodas. Vem com ar-condicionado de fábrica, som ambiente e lugar para dois acompanhantes, mais o motorista. O serviço atende hotéis, casas de saúde, hospitais e particulares.
Segundo o presidente da cooperativa, Ronaldo José cada veículo custa em torno de R$ 44 mil com isenção de IPI/ICMS e R$ 54 mil preço de fábrica. O custo médio de adaptação é de R$ 30 mil reais e o kit gás e silencioso R$ 3,5 mil. “A placa para táxi tem incentivo e fica mais em conta cerca de 20%. Os motoristas são qualificados por curso ministrado pela Funlar Rio (Fundação Municipal Lar Escola Francisco de Paula) vinculada à Secretaria Municipal de Assistência Social. Também estão preparados para realizar passeios turísticos com intérprete”, informou.
A cooperativa atende a uma carteira de cliente classificada em pessoa física de 12.586 –a maioria é de idoso -e jurídica 34. Foi fundada em julho de 2003, com o objetivo de oferecer melhor qualidade de vida aos cidadãos com necessidades especiais, dificuldade de locomoção e idosos. O Decreto nº 24.934, de 9 de dezembro de 2004 instituiu o Serviço de Transporte Especial de Passageiros no Rio de Janeiro. “Somos uma cooperativa de transportes de motoristas autônomos, onde realizamos o transporte de pessoas com necessidades especiais na modalidade de fretamento. Isto nos qualifica como pioneiros no Brasil. Graças a este desenvolvimento, já encontramos a mesma prática em vários Estados de nosso país”, disse Ronaldo José.

Tecnologia de ponta
Para que as adaptações fossem realizadas a cooperativa contou com os parceiros fornecedores dos kits. A empresa paulista Cavenagui na categoria plataforma elevatória utilizada tanto para uso particular ou institucional, oferece os modelos de Piso Baixo com aceitação superior a 90%, com preços na faixa de R$ 28 mil a R$ 32 mil. Para instalação de quatro tipos de adaptação: Chevrolet Spin Piso Baixo Cavenaghi; Fiat Doblò Piso Baixo Cavenaghi; Fiat Doblò Teto Alto Cavenaghi e “Vans” Acessíveis Cavenaghi, a partir de duas cadeiras de rodas.
Segundo o gerente comercial da Cavenaghi, Raul Rodrigues a empresa desenvolve vários projetos que busca preservar as características técnicas dos veículos, mas adaptando às necessidades especiais dos clientes. “Dispomos também de adaptações para veículos do tipo “VAN” muito utilizados nos transportes com maior número de cadeirantes, em média dois cadeirantes por veículos. Nestes projetos procura-se manter o máximo possível da originalidade técnica dos veículos, bem como a melhor condição de tráfego em nossas ruas e estradas”, explicou.
A novidade do segmento está na gigante italiana Focaccia Group Plataforma Elevatória Fiorella, que será lançada em abril na Feira Reatech, em São Paulo. Já estão selecionando dez cidades para instalar ponto de revenda dos kits importados da Itália.
A mineira Technobras é uma empresa nacional, coligada ao grupo italiano Guido Simplex e Tecnodrive, líderes mundiais no segmento de transformação veicular e parceiro da maioria das montadoras de veículos da Europa. Também contam com os fabricantes Dhollandia Brasil Plataformas Elevatórias Ltda. e Ortobras.
Na capital paulista o serviço especial é realizado pela associação Táxi Acessível, para o cliente que já possui sua própria cadeira de rodas. No 2º semestre de 2008, a Secretaria Municipal de Transportes de São Paulo deu início a formação do segmento, convocando através de um edital no “Diário Oficial”, pessoas físicas e jurídicas que desejassem participar. A apresentação do condutaxi -pessoa física -ou termo de permissão -pessoa jurídica -um dos requisitos básicos para a inscrição. Foram cerca de 60 taxistas sorteados dos mais de 200 inscritos.
A Adetax (Frotas de Táxis Associadas) que participou do sorteio público foi em frente e com investimento superior a R$ 1,5 milhão para formar este segmento. Para este atendimento especial, foram adaptados veículos da marca Fiat, modelo Doblò, com plataformas de acionamento totalmente eletrônico, onde acompanhou todos os requisitos apresentados pela Secretaria dos Transportes de São Paulo para atuação neste seguimento. “Afinal, a maior cidade da América do Sul, não pode deixar de oferecer o serviço de táxi para quem é portador de mobilidade reduzida”, segundo a empresa.

Itens de segurança
A empresa Q’Straint é fabricante de equipamentos de segurança para acessibilidade, como os cintos de segurança para prender as cadeiras de rodas no veículo. As molas de reforço da suspensão são da marca Tigre e da Auto Molas Viaduto Ltda. e Molas Lobo, localizadas nos bairros da capital carioca.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email