10 de agosto de 2022
Prancheta 2@3x (1)

O conhecimento e a gestão dos custos industriais representam uma admirável vantagem concorrente de uma organização. Esses custos têm sido avaliados e aplicados há muitos anos para melhorar continuamente a competitividade e tomar melhores disposições. Segundo subsídios do site Valor Investe, os custos dos serviços lerdearam e essa importante categoria já representa 72,8% do nosso PIB.

Qual é a principal contenda entre calcular o custo de produtos e serviços? Vamos começar com a grande diferença entre os dois processos:

O produto contraído está pronto para uso, ou seja, nenhum cliente está envolvido no processo de fabricação, a menos que em alguns casos o produto que você deseja comprar esteja definido ou configurado.

A produção advém antes da compra e o consumo / uso ocorre após a compra. Os produtos são tangíveis, ou seja, podem ser vistos, tocados e até testados antes de serem comprados e consumidos. O produto possui particularizações e instruções de uso claramente definidas. 

Quais são as principais características do serviço e quais são as mudanças relacionadas ao produto? 

Segundo Gianesi e Corrêa (1994, p. 32) e Padovese (2013, p. 6), esses serviços possuem as seguintes características:

INSEPARABILIDADE – clientes (ou bens de sua propriedade) participam do processo produtivo – produção e consumo ocorrem ao mesmo tempo.

Intangível – O serviço é intangível (invisível, prova …) 

VARIABILIDADE – o serviço é altamente variável (dependendo de quem o executa, quando e onde, …) 

PERECÍVEIS – O serviço não pode ser armazenado, e essa característica de mudanças sazonais ou repentinas na demanda pode ser desastrosa para os custos do serviço. O modelo de custo mais comumente usado, método de custo de absorção, método de custo direto, etc. também são aplicáveis ​​a serviços. Mas, assim como no custeio industrial, o noção do processo é essencial para definirmos o melhor modelo

OBJETO DO CUSTO

Uma ampla diferença é o objeto de custo. Quando o argumento é custo do produto, essa definição está pronta, por exemplo: custo unitário, ou por pacote, ou por quilograma, sempre dependerá do custo do produto. Em outras palavras, o objeto de custo está confessadamente definido. 

Agora pense em uma universidade: Qual é o objeto de custo mais conveniente: o custo por aluno? Custo por aula? Custo por aula?

No centro de distribuição? O custo de circulação de cada palete, o custo de cada endereço ocupado, o custo de recebimento e transporte de cada palete? Observe que os objetos não parecem mais tão óbvios. Nesse ponto, o conhecimento do processo torna-se essencial. 

SERVIÇOS SEPARADOS POR TIPO.

Quando chegamos ao nível de detalhe, separamos os serviços por tipo: Os serviços baseados em pessoas podem ser divididos em básicos (jardinagem, concierge, limpeza), intermediários (encanador, alimentação, etc.) e avançados (advogados, contadores, consultores técnicos, etc.), mas o principal fator impulsionador estará nas mãos de o trabalho envolvido. Serviços baseados em equipamentos, temos automação (limpeza automática, serviços de armazenamento automático …), monitoramento I (cinemas, teatros, táxis …) e monitoramento II (escavadeiras, aviões, caminhões …), incluindo custos de manutenção, depreciação será o principal fator de condução. Esses fatores impulsionadores ajudarão a definir a estrutura de custos técnicos do serviço, incluindo: os materiais consumidos para a prestação do serviço, a mão de obra envolvida no processo de execução, os ativos diretos utilizados (equipamentos e edifícios) e os serviços obtidos de terceiros, E a alocação de custos indiretos. Tal como acontece com a fabricação de produtos, o gerenciamento de custos de serviço é fundamental para a sobrevivência da organização.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email